Violência

Quatro nadadores olímpicos dos EUA foram assaltados no Rio de Janeiro

Caso aconteceu na noite de sábado (13) quando grupo voltava de festa

AFP
AFP
Publicado em 14/08/2016 às 16:17
Foto: Reprodução da internet
Caso aconteceu na noite de sábado (13) quando grupo voltava de festa - FOTO: Foto: Reprodução da internet
Leitura:

Quatro nadadores olímpicos americanos, entre eles o campeão no revezamento 4x200m nos Jogos Rio-2016 Ryan Lochte, foram assaltados à mão armada por homens vestidos como policiais que pararam seu táxi quando eles saíam de uma festa no Rio de Janeiro, informou neste domingo um porta-voz do Comitê Olímpico americano, Patrick Sandusky.

"Quatro integrantes da equipe olímpica de natação americana (Ryan Lochte, Gunnar Bentz, Jack Conger e Jimmy Feigen) saíram da Casa da França na manhã deste domingo em um táxi, em direção à Vila Olímpica. Seu táxi foi parado por indivíduos que se passavam por policiais armados, que lhes pediram dinheiro e outros pertences pessoais", disse o porta-voz.

O Comitê Olímpico americano detalhou que os quatro nadadores estão bem e cooperam com as autoridades.

A polícia civil do Rio de Janeiro disse à AFP que "estão ocorrendo investigações para entender o roubo sofrido por nadadores olímpicos americanos".

"Houve uma denúncia policial e os atletas serão escutados para prestar mais detalhes do crime", acrescentou em um comunicado.

O Rio enfrenta níveis crônicos de insegurança, com uma média de quase cinco mortes violentas por dia na cidade. Em média cinco pessoas por dia morrem por mortes violentas na cidade. Agressões e roubos violentos são moeda corrente.

As autoridades mobilizaram 85.000 policiais e militares para trabalhar na segurança dos Jogos Rio-2016, o dobro em relação a Londres-2012.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias