Nordestão

Santa Cruz arranca empate contra Botafogo-PB pela Copa do Nordeste

O grande destaque do Santa Cruz foi o goleiro Ricardo Ernesto, que fez duas grandes defesas

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 15/01/2019 às 23:22
Analise
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
O grande destaque do Santa Cruz foi o goleiro Ricardo Ernesto, que fez duas grandes defesas - FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Sem o atacante Pipico, desfalque de última hora, o Santa Cruz conseguiu arrancar o empate por 0x0 diante do Botafogo-PB, nesta terça-feira, no estádio Almeidão, em João Pessoa, na Paraíba. Estreando na Copa do Nordeste e na temporada, a Cobra Coral sofreu sem uma referência no pelotão de frente. O quarteto ofensivo formado por Hericlis, Augusto, Elias e Neto Costa tentou suprir a ausência, mas sem sucesso.

>> Veja as notas dos jogadores do Santa Cruz diante do Botafogo-PB

Substituto de Pipico, Neto Costa teve fraca atuação e ainda levou o cartão vermelho no final da partida. O destaque ficou por conta do goleiro Ricardo Ernesto que fez duas grandes defesas. Quem também agradou foi o meia-atacante Hericlis, que jogou mais avançado no ataque, já que no ano passado se destacou no setor.

O próximo jogo do Santa Cruz está marcado para o próximo domingo contra o América. A partida acontece às 16h (do Recife) em partida válida pela 1ª rodada do Estadual. A partida acontece na Arena de Pernambuco devido a reforma no gramado do Arruda.

O JOGO

A partida começou com o Botafogo-PB tentando tomar as iniciativas da partida, mas esbarrando na forte marcação do Santa Cruz. Sem o artilheiro Pipico, referência no ataque, o técnico Leston Júnior armou o time com duas linhas de quatro no 4-4-2. Elias pelo lado esquerdo e Augusto do outro fechavam o segundo terço do campo. Mais avançados, ficaram Neto Costa e Hericlis, que no ano passado chegou a atuar como centroavante.

Depois dos 15 minutos, os paraibanos e corais começaram a conseguir chegar mais perto das metas adversárias. Porém, ambos os ataques erravam nas conclusões das jogadas. Pelo time mandante, todas as investidas passavam nos pés de Marcos Aurélio. Já entre os tricolores, o pelotão de frente conseguia invadir a grande área e em menor número era facilmente desarmado pela defesa da casa.

No fim do primeiro tempo, o Botafogo-PB frequentou mais as proximidades da grande área do Santa Cruz, que manteve forte postura defensiva. Do outro lado, a "cozinha paraibana" não tinha grande dificuldade com a Cobra Coral. Os tricolores não conseguiram acertar a transição ofensiva e foram para o intervalo sem ameaçar os donos da casa. Os atacantes Elias e Augusto ficaram presos na marcação pelas pontas. Hericlis foi o jogador que mais buscou jogo.

No retorno para a etapa final, o Santa Cruz voltou mais ousado e ameaçando o Botafogo-PB. De cara, teve a melhor chance da partida. Marcos Martins acertou um belo cruzamento e Augusto, livre na pequena área, mandou para fora de cabeça. Hericlis, Augusto e Elias buscavam criar as jogadas para o Tricolor do Arruda, mas continuavam errando o último passe.

Os donos da casa não ficaram apenas esperando os corais. Tanto que regido pelo meia-atacante Marcos Aurélio, o Belo obrigou Ricardo Ernesto a fazer uma grande defesa. Clayton invadiu a área pelo lado direito e mandou uma bomba no ângulo. Após mudança total do treinador Francisco Piza, os mandantes cresceram na partida e seguraram o Santa Cruz no campo de defesa.

No final do jogo, a Cobra Coral não conseguiu pressionar a equipe paraibana. Ainda mais depois da saída do meia-atacante Hericlis, que estava jogando mais avançado no ataque, e buscando bastante o jogo. A defesa coral suportou com tranquilidade as investidas do Botafogo-PB. Leston Júnior manteve as duas linhas no 4-4-2 compactadas dificultando a troca de passes do ataque. Inclusive, manteve o camisa 10 Marcos Aurélio bem marcado.

FICHA DO JOGO - BOTAFOGO-PB 0 X 0 SANTA CRUZ

Botafogo-PB: Saulo; Roniery, Lula, Willian Goiano e Fábio Alves; Carlão, Rogério, Clayton (Dico) e Marcos Aurélio; Adalgiso Pitbull (Rafael Ibiapino) e Nando (Paulo Renê). Técnico: Evaristo Piza.

Santa Cruz: Ricardo Ernesto; Marcos Martins, Danny Morais, Vitão e Bruno Ré; Charles, Lorenzi e Hericlis (Luiz Felipe); Augusto (Cesinha), Elias (Eduardo) e Neto Costa. Técnico: Leston Júnior.

Local: estádio Almeidão, em João Pessoa (PB). Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN). Assistentes: Flávio Gomes Barroca (RN) e Luís Carlos de França Costa (RN). Cartões amarelos: Roniery, Marcos Aurélio e Willian Goiano (Botafogo-PB). Neto Costa (Santa Cruz). Cartão vermelho: Neto Costa (Santa Cruz).

Últimas notícias