Tricolor

Augusto quer manter bom momento para ajudar o Santa Cruz

Atacante quer seguir com bom desempenho para que o Tricolor vença o Clássico das Emoções no sábado

klisman
klisman
Publicado em 23/08/2019 às 8:09
Notícia
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Atacante quer seguir com bom desempenho para que o Tricolor vença o Clássico das Emoções no sábado - FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Na atual sequência de jogos da reta final da Série C, o atacante Augusto ganhou sua vaga entre os titulares do Santa Cruz. Depois de ter entrado bem contra o Imperatriz-MA na Arena de Pernambuco e ter marcado o gol da vitória naquele duelo, não saiu mais da relação dos 11 iniciais. Começou os jogos contra Confiança e Globo-RN e tem seguido assim para o confronto diante do Náutico.

Oscilante desde que chegou ao clube, Augusto vive a sua melhor temporada no Santa Cruz. Ganhou uma continuidade de jogos com Leston Júnior, jogando bem contra ABC e Fluminense e teve seu nome gritado pela torcida nesses duelos. Com a chegada de Milton Mendes, perdeu espaço, mas recuperou e está sendo utilizado tanto na ponta-esquerda como no meio, na função de um falso nove. Momento em que o atleta tem buscado extrair o seu melhor.

“Eu acho que é positivo tanto para mim quanto para a equipe. Venho desempenhando meu papel da melhor maneira. Fiz boas partidas nas últimas em que atuei, tanto entrando de frente como saindo do banco, então acho que conquistei essa titularidade. Espero manter e fazer boas partidas para ajudar o Santa a conseguir a classificação e o acesso, que é o mais importante de tudo”, avaliou Augusto.

MANUTENÇÃO DIANTE DO NÁUTICO

Augusto tem sido cotado para seguir entre os titulares do Santa Cruz para o Clássico das Emoções. Tem treinado no ataque ao lado de Elias e Dudu, com um revezamento entre os três jogadores na função do falso nove. Sendo três atletas de velocidade, a dinâmica do setor ofensivo do Mais Querido pode ser um ponto positivo, se bem utilizado e diante do Timbu, no estádio dos Aflitos.

“Acho que tem seus pontos positivos. Fica um ataque mais leve, mais rápido, de muita movimentação. Isso vai dificultar um pouco para eles e vai nos ajudar muito com a criação. Tanto eu como o Elias podemos fazer trocas ali, como o Dudu também vir para dentro e o Elias abrir. A gente pode fazer essas trocas para confundir o adversário e  tentar surpreendê-los”, concluiu o atacante.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias