Tricolor

Empresário diz que Vitória tem interesse em zagueiro do Santa Cruz

João Victor foi emprestado para o clube baiano em setembro e a compra de 50% do passe dele está fixada em R$ 800 mil

klisman
klisman
Publicado em 19/11/2019 às 19:04
Notícia
Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz
João Victor foi emprestado para o clube baiano em setembro e a compra de 50% do passe dele está fixada em R$ 800 mil - FOTO: Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz
Leitura:

Um dos destaques do Santa Cruz na temporada, principalmente pela regularidade, foi o zagueiro João Victor. Cria da base coral, o defensor foi emprestado para o Vitória, que está na disputa da Série B. Apesar de ainda não ter entrado em campo pelo Rubro-negro baiano, ele tem agradado ao clube pelo seu desempenho em treinos e nas três partidas que realizou pela equipe Sub-23. Dessa maneira, o Leão tem o interesse em exercer a opção de compra do atleta. 

“Ele jogou três jogos pelo Sub-23 e depois o Geninho (técnico do Vitória) começou a chamá-lo para a relação. Mas não teve oportunidade ainda porque a dupla de zaga já é antiga na casa, o Everton Sena e principalmente o Ramon. Mas é questão de oportunidade. Há o interesse do clube (em continuar com ele) e essa questão é entre os clubes, agora”, contou o empresário do atleta, Paulo Ricardo.

Emprestado no começo de setembro, o Santa Cruz fixou o valor de R$ 800 mil para a compra de 50% do passe do zagueiro por parte do Vitória. Além disso, seu contrato também foi renovado, na época, até o fim de 2021. De acordo com o empresário de João Victor, o clube baiano espera somente o término da Série B para contactar o Tricolor. Mas na visão da direção coral, seja qual for a perspectiva futura para o atleta - negociação ou retorno -, o Santa lucrará de alguma forma.

“Oficialmente não chegou nada até o Santa Cruz. De todo jeito tem uma vantagem, se o atleta retorna volta com experiência, co um crescimento profissional e nos ajuda nas várias competições que vamos ter, no mesmo caso também para o Warley. Se exercerem a compra, ganhamos um ativo para ser utilizado e nos ajuda no orçamento para a contratação de novos atletas. Então ele sendo negociado ou retornando ao clube, dos dois modos, o clube leva vantagem”, avaliou o executivo de futebol do Mais Querido, Nei Pandolfo.

Da mesma forma, o empresário também vê com bons olhos uma possível permanência de João Victor em Salvador. Principalmente porque a vitrine da Série B é maior na valorização do zagueiro. “É uma permanência viável, até porque o Vitória deve permanecer na Segunda Divisão, e para o atleta seria interessante seguir mais uma vez disputando a Segunda Divisão”, concluiu Paulo Ricardo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias