RITMO

Atacante ameniza falta de jogos decisivos disputados pelo Sport no início do ano

Guilherme acredita que o time rubro-negro não vai sentir esse peso diante do Salgueiro

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 02/04/2019 às 10:02
Foto: JC Imagem
Guilherme acredita que o time rubro-negro não vai sentir esse peso diante do Salgueiro - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

Apesar de o Sport ter disputado somente 11 partidas nos três primeiros meses de 2019, sendo apenas dois com caráter eliminatório (Tombense, pela Copa do Brasil, e Petrolina, pelo Pernambucano), o atacante Guilherme não acredita que o time rubro-negro chegue em desvantagem contra o Salgueiro, no próximo domingo (7), às 16h, na Ilha do Retiro, pela semifinal do Estadual.

"A gente tem encarado todos os jogos como uma decisão. Se não tivesse sido assim nas partidas da primeira fase não estaríamos na posição que a gente se encontra hoje... Classificados em primeiro e na semifinal do Pernambucano. Claro que é ruim ficar sem jogar há muito tempo. Queremos estar sempre jogando. Mas essa falta de jogos decisivos não vai nos atrapalhar. É entrar focado e fazer um grande jogo no domingo para nos classificarmos para a final", comentou.

ATENÇÃO REDOBRADA

E todo esse cuidado é pouco. Afinal, o Salgueiro costuma engrossar diante dos grandes da capital pernambucana. "Confesso que conheço pouco do time deles. Só joguei uma partida e vencemos por 4x0. Mas sei que eles procuram aprontar contra os grandes. É procurar fazer um jogo concentrado, assim como fizemos diante do Petrolina. Agora é um outro jogo (em relação à goleada da primeira fase), entrar ligado para não ter surpresa", afirmou Guilherme.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias