pernambucano

''Tranquilidade maior'', diz diretor do Sport sobre arbitragem

Final do Estadual entre Náutico e Sport terá quarteto Fifa de fora de Pernambuco

Karoline
Karoline
Publicado em 11/04/2019 às 21:09
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Final do Estadual entre Náutico e Sport terá quarteto Fifa de fora de Pernambuco - FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Com o quarteto de arbitragem do primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano 2019 definido, o diretor de futebol do Sport Nelo Campos ressalta a tranquilidade trazida por profissionais de fora do estado e com escudeto Fifa. Para o Clássico dos Clássicos de domingo (14), Wilton Pereira Sampaio (GO) será o árbitro central, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS). A quarta árbitra é Edina Alves Batista (SP).

"Acho que traz uma tranquilidade maior. No momento, nosso quadro não tem nenhum Fifa. Acho que traz lisura maior. Acho normal trazer árbitro de fora", disse Nelo. O diretor, porém, comete um equívoco ao afirmar que não há árbitro Fifa no quadro pernambucano. A árbitra Débora Cecília é da categoria internacional.

O rubro-negro emenda que hou um consenso geral entre Federação Pernambucana de Futebol, Náutico e Sport. Na partida de volta, no domingo seguinte (21/4), o quarteto também será Fifa.

"Não vejo porque criar polêmica. Temos bons árbitros aqui, vão ter oportunidade de apitar finais na região e no momento certo o Campeonato Pernambucano, em 2020, 2021. A gente tem que saber respeitar o momento. O momento pedia um árbitro de fora", concluiu Nelo Campos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias