PLANEJAMENTO

Auxiliar técnico diz que Sport ainda vai trazer atletas experientes

Alexandre Faganello afirma que a direção rubro-negra pretende contratar jogadores rodados próximo do início da Série A

Filipe Farias
Filipe Farias
FILIPE FARIAS
Publicado em 17/12/2019 às 15:51
Foto: Anderson Stevens/ Sport
Alexandre Faganello afirma que a direção rubro-negra pretende contratar jogadores rodados próximo do início da Série A - FOTO: Foto: Anderson Stevens/ Sport
Leitura:

Os nomes dos novos contratados que foram anunciados pela direção do Sport para a temporada 2020 está causando uma certa desconfiança no torcedor rubro-negro. Isso porque, em sua totalidade, as novas aquisições que chegam para reforçar o elenco leonino são de jovens promessas e que surgem como apostas. Até o momento, nenhum jogador com um currículo consolidado acertou com o clube da Ilha do Retiro.

Nas duas últimas semanas foram anunciados: o goleiro Carlos Eduardo, do Brasil-RS; os volantes Betinho (Figueirense) e Jean Patrick (Cuiabá); e, nesta terça-feira (17), o atacante Ewerton (ex-Fluminense) foi confirmado pelo site oficial do Sport como o mais novo contratado. Além daqueles atletas que já acertaram, o meia Diego Noronha (Serra-ES), Maxuel (Corinthians) e Kevin Méndez (Karpaty, da Ucrânia), estão com negociações encaminhadas com a direção leonina e devem ser anunciados nos próximos dias.

"Isso é muito relativo. Podemos contratar jogadores que já disputaram a Série A, eles chegarem e não darem certo. E vir outro, que disputou a Série B, e dar certo. Na minha visão tem de ter qualidade. Mostrar que tem condições de jogar em qualquer Série. Se detectarmos que tem qualidade, será sempre bem vindo", avaliou Alexandre Faganello, auxiliar técnico de Guto Ferreira.

Entretanto, para membro da comissão-técnica leonina, não descarta a possibilidade da chegada de jogadores renomados no mercado. "Um atleta de nome, que se adeque às finanças do Sport e que venha para nos ajudar será sempre bem vindo. Esse é um outro departamento, com a direção. O clube está se reestruturando e entendemos isso. Mais na frente, próximo do Brasileirão, podem chegar mais jogadores com experiência em Série A", falou.

BASE

Como o Sport vai disputar três competições simultâneas no primeiro trimestre do ano (Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil), Faganello adiantou que vai utilizar bastante os pratas da casa. "Vamos ter quatro campeonatos em 2020. Então, vamos recorrer mais a nossa base. O Sport não vai trazer jogadores em excesso, pois sabemos do orçamento do clube para o próximo ano. Todos que estão aqui (da base) vão ter oportunidades", garantiu o auxiliar-técnico.

Últimas notícias