Diego Souza

Sport e Diego Souza: uma novela sem fim

O Botafogo não pretende manter Diego Souza no clube em 2020 por conta do elevado salário

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 21/12/2019 às 7:57
Notícia
Diego Nigro/JC Imagem
O Botafogo não pretende manter Diego Souza no clube em 2020 por conta do elevado salário - FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

A novela envolvendo o meia-atacante Diego Souza com o Sport parece não ter fim. Após o encerramento da Série A, o empréstimo do jogador com o Botafogo acabou. Porém, no contrato de empréstimo que o São Paulo fez com o clube carioca tinha especificado que, ao final do vínculo temporário, se o Tricolor do Morumbi não quisesse o retorno de DS87, os botafoguenses teriam de assumir o restante do contrato (por mais dois anos, segundo o empresário do atleta, Eduardo Uram). E aí que está o imbróglio.

O Botafogo não pretende manter Diego Souza no clube em 2020 por conta do elevado salário - estima-se que algo em torno de R$ 600 mil -, que teria de ser pago integralmente, já que no contrato anterior de empréstimo, o São Paulo arcava com parte dos vencimentos.

Diante dessa ‘disponibilidade’ de Diego Souza no mercado, surgiu a possibilidade do retorno do meia-atacante ao Sport. Apesar de o salário especulado ser completamente fora da realidade do Leão - que teria como teto salarial para 2020 algo em torno de R$ 150 mil -, a direção leonina chegou a procurá-lo no início dessa temporada. Com a condição de tentar a repactuação dos atrasados que ele teria a receber (o jogador acionou o Sport na Justiça do Trabalho cobrando R$ 1.040.046,58).

A informação foi confirmada pelo vice-presidente jurídico do Sport. “Tivemos algumas conversas no início desse ano para ele (Diego Souza) retornar ao clube. Chegamos a discutir, no meio, o salário com a repactuação da dívida. Mas, por questões profissionais e de outras ordens, não se chegou ao consenso e ele acabou indo para outro clube”, explicou.

Como essa chance de trazer Diego Souza já foi tentada pela atual gestão – condicionando a repactuação dos atrasados dentro do que ele viria a receber –, a contratação do meia-atacante não estaria por inteiro descartada. De acordo apuração da reportagem do JC, Diego Souza sempre se mostrou disponível a retornar à Ilha do Retiro.

“Acho que o clube tem que procurar o que é melhor para ele. Se o presidente está falando das dificuldades é porque é inviável nesse momento. Eu tenho que respeitar e trabalhar muito para fazer um trabalho onde a gente possa buscar conseguir jogadores que cheguem próximo ao desempenho e idolatria dentro do clube”, declarou o treinador Guto Ferreira, em entrevista ao repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal.

Últimas notícias