Rubro-negro

Guto Ferreira fala sobre adaptação dos reforços ao time do Sport

No duelo contra o CSA, três entraram entre os titulares e mais dois no segundo tempo

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 26/01/2020 às 11:28
Notícia
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
No duelo contra o CSA, três entraram entre os titulares e mais dois no segundo tempo - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Na vitória sobre o CSA por 1 a 0 no Rei Pelé, em Maceió, o Sport colocou em campo, já entre os titulares, três contratações para a temporada. O volante Jean Patrick, o meia Lucas Mugni e o atacante Leandro Barcia. Na segunda etapa, entraram o ponta Ewandro e o cabeça de área Betinho. A estreia dos atletas agradou ao técnico Guto Ferreira que, mesmo com erros causados  pelo processo de adaptação à equipe, gostou das atuações. 

“A essência da equipe já existe e tem auxiliado muito os jogadores que chegaram, que são inteligentes também e já tem uma ideia (de como atuar). Tivemos alguns errinhos de posicionamento no meio que são próprios do jogador que está se adaptando. O Jean Patrick teve alguns errinhos no primeiro tempo de posicionamento defensivo, ofensivamente foi muito bom. No segundo tempo posicionei ele e ele cresceu muito até sair. Isso é normal porque ele está em uma fase de adaptação. Uma coisa é você treinar, outra coisa e jogar”, avaliou.

Ele ainda avaliou que os erros cometidos fazem parte do processo de adaptação dos novos jogadores à filosofia de jogo da equipe. Nos próximos duelos, contra o Central na terça-feira (28), pelo Campeonato Pernambucano, às 20h na Arena de Pernambuco, e diante do Vitória, às 16h do sábado, no mesmo local, o treinador tem a oportunidade de manter o esqueleto da equipe e dar mais rodagem a estes atletas recém chegados. Contudo, ele pondera que, enquanto o processo de adaptação estiver ocorrendo, erros podem vir juntos.

“Esses erros acontecem com todas as equipes, às vezes por questão individual ou errinhos de estrutura de uma equipe que ainda está se adaptando. Nós ainda vamos errar bastante até chegar em um nível muito bom. Esperamos que possamos chegar o quanto antes e que os erros não sejam fatais”, concluiu Guto.

Últimas notícias