Rubro-negro

Guto Ferreira avalia Retrô e prevê mais chances para pratas da casa do Sport

Técnico leonino ressaltou amadurecimento que a equipe vem ganhando nos últimos jogos

klisman
klisman
Publicado em 04/02/2020 às 23:11
Notícia
Foto: Anderson Stevens/Sport
Técnico leonino ressaltou amadurecimento que a equipe vem ganhando nos últimos jogos - FOTO: Foto: Anderson Stevens/Sport
Leitura:

O Sport encontrou dificuldades no empate em 1 a 1 com o Retrô e enfrentou uma equipe que tentou jogar de igual pra igual nos 90 minutos. Atitude que chamou a atenção da parte da Fênix ao encarar o Rubro-negro na Ilha do Retiro. Equipe com bom orçamento, que vem treinando desde o mês de dezembro, e com a ‘bola’ mostrada nesta terça-feira, chamou a atenção do técnico Guto Ferreira. Além disso, para ele, jogos assim são fundamentais para que os atleta vindos da base ganhem confiança para engrenar entre os profissionais.

“Nós encontramos uma equipe bem postada. De todas que nos enfrentamos com exceção do Náutico, a melhor equipe em termos de treinamento. Que já vem treinando desde dezembro todo. Com uma equipe madura, rodada dentro do interior, e nós com um time com muitos meninos, e o Sport precisa desse trabalho. Precisa dessa rodagem neste momento para conseguir produzir jogadores dentro de casa. Quando terminamos o campeonato ano passado, reclamavam que nós não utilizávamos os meninos. Agora estamos jogando com os meninos”, comentou o treinador. 

Guto também ressaltou que, apesar de ter vencido apenas dois jogos e ter empatado quatro nos seis primeiros duelos do ano, o time está no caminho certo. Através do amadurecimento, ele acredita que os resultados positivos começarão a sair para o Sport. “Primeiro, não estamos perdendo. Segundo, estamos fazendo jogos com uma certa qualidade e estão faltando as vitórias. Se pegar todos os jogos que nós empatamos, foram jogos que estivemos perto de ganhar. São processos de amadurecimento de cada jogador”, acrescentou.

EVOLUÇÃO

Um dos atletas destacados pelo comandante leonino no duelo diante do Retrô foi o lateral-direito Ewerthon. O prata da casa fez uma partida regular nesta terça-feira e vem crescendo ao longo das chances que tem recebido neste começo de temporada. Já foram quatro aparições, atuando os 90 minutos em todas elas.

“O Ewerthon não é mais o mesmo jogador da primeira partida. É outro jogador completamente diferente. E se conseguirmos ter um jogador que cresça na velocidade que eles está crescendo, fatalmente no Campeonato Brasileiro vamos ter um jogador da casa que pode, futuramente, nos ajudar jogando e rentabilizando amanhã ou depois”, avaliou. 

“Temos coisas para trabalhar. Mas é um jogador que já está indo no um contra um, tem velocidade, punch de romper última linha, e isso é muito importante. Está marcando com eficiência. O Luciano está melhor do que na partida de estreia e assim vai. Eles vão respondendo e tem alguns que ocupam posicionamento de maior responsabilidade, que tem lampejos muito bons, outros não tão bons, que fazem parte desse amadurecimento, mas tem que jogar”, emendou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias