Ex-ministro

Ciro Gomes diz que Ceará está ganhando batalha contra o crime organizado

Político foi candidato à presidência no ano passado

Thiago Wagner Thiago Wagner
Thiago Wagner
Thiago Wagner
Publicado em 09/01/2019 às 15:51
Alexandre Gondim/JC Imagem
Político foi candidato à presidência no ano passado - FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) disse nesta quarta-feira, 9, em entrevista à Rádio Assunção, de Fortaleza, que "o Ceará está ganhando a batalha" contra o crime organizado. O Estado vive uma onda de violência que chegou hoje ao oitavo dia seguido, com ataques diversos.

Ciro disse que a lei brasileira é "fraca diante dessa novidade que é o crime organizado", mas que o governo do Ceará, comandado pelo petista Camilo Santana, que é do grupo político de Ciro, vai "partir para cima". "Vou assumir como tarefa do PDT e do nosso bloco mudar a lei", afirmou.

Segundo Ciro, o governo federal disponibilizou 60 vagas em presídios federais para onde devem ir os responsáveis pelos ataques. "Não fica nenhum criminoso aqui, só fica se for para ser enterrado", comentou.

COGITOU A PRESIDÊNCIA

Ciro Gomes, que recebeu mais de 13 milhões de votos e foi terceiro colocado na eleição presidencial do ano passado, estava sendo cobrado a se pronunciar sobre os ataques que vêm acontecendo no Ceará, estado que governou entre 1991 e 1994.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias