CORONAVÍRUS

Saúde diz que caso de BH 'não se enquadra como suspeito' de coronavírus

O órgão afirma que 'não há há detecção de nenhum caso suspeito de coronavírus no Brasil'

Thalis Araújo
Thalis Araújo
Publicado em 22/01/2020 às 19:18
Notícia
Foto: DAVID MCNEW / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
O órgão afirma que 'não há há detecção de nenhum caso suspeito de coronavírus no Brasil' - Foto: DAVID MCNEW / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Leitura:

O Ministério da Saúde informou, por meio de nota, que "não há detecção de nenhum caso suspeito no Brasil" de infecção por coronavírus. A nota do ministério contradiz a Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Minas Gerais, que classificou como "caso suspeito de coronavírus" o de uma mulher de 35 anos que está internada em Belo Horizonte.

>> Veja o que se sabe sobre o coronavírus que já matou 17 pessoas

"O caso noticiado pela SES/MG não se enquadra na definição de caso suspeito da Organização Mundial da Saúde (OMS), tendo em vista que o paciente esteve em Xangai, onde não há, até o momento, transmissão ativa do vírus. De acordo com a definição atual da OMS, só há transmissão ativa do vírus na província de Whuan", explicou o ministério da Saúde.

Segundo a pasta, o governo federal faz "monitoramento diário da situação junto à OMS, que acompanha o assunto desde as primeiras notificações de casos, em 31 de dezembro de 2019".

Paciente em BH

A paciente suspeita para o coronavírus em Belo Horizonte está internada no Hospital Eduardo Menezes (HEM). Segundo a Secretária de Saúde mineira, a mulher desembarcou na capital do Estado no último sábado, 18, apresentando "sintomas respiratórios compatíveis com a doença respiratória viral aguda"

China

Na China, o número de infectados chegou a 550 pessoas, com 17 mortes confirmadas.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias