Ucrânia

Rússia proíbe importação de doces da Ucrânia

Agência de proteção do consumidor Rospotrebnadzor anunciou ter tomado esta medida depois de detectar incorreções nos rótulos de duas empresas ucranianas

Giovanna Torreão
Giovanna Torreão
Publicado em 05/09/2014 às 8:00
Leitura:

A Rússia anunciou nesta sexta-feira que proibiu a importação de doces da Ucrânia, um novo tipo de produto vetado por Moscou coincidindo com o conflito no leste da ex-república soviética.

A agência de proteção do consumidor Rospotrebnadzor anunciou ter tomado esta medida depois de detectar incorreções nos rótulos de duas empresas ucranianas.

"Com o objetivo de garantir os direitos dos consumidores, a Rospotrebnadzor (...) suspende a importação ao território da Federação Russa dos produtos doces fabricados na Ucrânia", indicou a agência em um comunicado.

No ano passado, Moscou já havia proibido o chocolate produzido pela companhia ucraniana Roshen, controlada pelo pró-ocidental Petro Poroshenko, atual presidente da Ucrânia.

A Rússia também proibiu outros tipos de produtos, incluindo os lácteos, os sucos e a cerveja da Ucrânia por supostas falhas na qualidade.

O conflito ucraniano coloca em lados opostos as forças de Kiev e os separatistas pró-russos do leste do país, apoiados, segundo os ocidentais, pela Rússia, que nega estas alegações.

A Rússia também suspendeu a importação de vários alimentos e produtos agrícolas procedentes do Ocidente, em resposta às sanções que europeus e americanos impuseram a Moscou.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias