igreja

Papa Francisco visitará Turquia de 28 a 30 de novembro

A ida à Turquia é uma visita delicada a um país de maioria muçulmana

Da AFP
Da AFP
Publicado em 21/10/2014 às 17:33
Foto: AFP
A ida à Turquia é uma visita delicada a um país de maioria muçulmana - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O papa Francisco realizará uma delicada viagem à Turquia de 28 a 30 de novembro, durante a qual visitará Ancara e Istambul, anunciou nesta terça-feira (21) o serviço de imprensa do Vaticano.

Segundo a agenda oficial, o Papa chegará no dia 28 a Ancara, primeira etapa de sua visita, onde se reunirá com autoridades e líderes políticos locais e visitará o mausoléu de Kemal Ataturk, fundador e primeiro presidente da moderna República da Turquia após a queda do Império Otomano ao final da Primeira Guerra Mundial.

No sábado 29, o pontífice viajará para Istambul, onde irá ao Museu de Santa Sofia e à Mesquita Azul, onde Bento XVI esteve em 2006, e celebrará uma missa na catedral católica do Espírito Santo.

Ele participará também de uma celebração ecumênica com o patriarca ortodoxo de Constantinopla, Bartolomeu I.

No domingo, o Papa vai participar da festa de Santo André, patrono da igreja de Constantinopla na Igreja Patriarcal de São Jorge, que terá uma benção ecumênica e a assinatura de uma declaração conjunta com o patriarca.

Francisco voltará a Roma em um voo da companhia italiana Alitalia.

A ida à Turquia é uma visita delicada a um país de maioria muçulmana, com 76 milhões de de habitantes - dos quais 99% seguem o Islã (majoritariamente sunita) -, e que vive fortes tensões causadas pelos conflitos no Iraque e na Síria. As crises nesses dois países vizinhos suscitam temores entre os turcos do aumento do extremismo islâmico e do fortalecimento do movimento separatista curdo.

O papa argentino já havia manifestado há alguns meses sua intenção de visitar Istambul para homenagear o apóstolo André, santo padroeiro e líder da Igreja Ortodoxa, da mesma forma que seu irmão Simão Pedro para a Igreja Católica e São Marcos para a Igreja Copta.

Uma viagem à Turquia permitirá ao Papa insistir em sua mensagem em favor da coexistência entre as religiões.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias