Violência

Dois opositores morrem em Bangladesh em confrontos com governistas

Oposição convocou protestos por ocasião do aniversário de um ano após controversas eleições gerais

Da AFP
Da AFP
Publicado em 05/01/2015 às 8:03
Foto: AFP
Oposição convocou protestos por ocasião do aniversário de um ano após controversas eleições gerais - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Dois opositores morreram nesta segunda-feira em Bangladesh em confrontos com simpatizantes do poder, um ano após controversas eleições gerais, indicou a polícia.

Dois membros do Partido Nacionalista de Bangladesh (BNP, opositor) morreram, segundo a polícia, em confrontos em Natore (norte), depois que a oposição convocou protestos por ocasião deste aniversário.

Khaleda Zia, líder da oposição bloqueada em seus gabinetes desde sábado por um impressionante dispositivo policial, convocou seus partidários a sair em massa às ruas para obrigar a primeira-ministra, Sheikh Hasina, a convocar novas eleições.

Também ocorreram distúrbios na capital Daca, e em outras cidades do país, onde a polícia e simpatizantes do partido governante, a Liga Awami, enfrentaram os partidários do BNP, segundo a televisão local.

As legislativas de 5 de janeiro de 2014 foram atingidas pela violência, e depois delas a primeira-ministra, no poder desde 2009, lançou uma onda de repressão.

Khaleda Zia, que foi duas vezes primeira-ministra considerou ilegal o atual governo, e afirmou que a Liga Wami só obteve 5% dos votos nas eleições. A líder opositora pede a instauração de um governo neutro encarregado de organizar novas eleições.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias