Conflitos

Premier iraquiano convoca tribos contra Estado Islâmico

O Estado Islâmico lançou uma vasta ofensiva em 2014 e conquistou amplas zonas no Iraque

AFP
AFP
Publicado em 05/01/2015 às 19:31
MOHAMMED SAWAF / AFP
O Estado Islâmico lançou uma vasta ofensiva em 2014 e conquistou amplas zonas no Iraque - FOTO: MOHAMMED SAWAF / AFP
Leitura:

O primeiro-ministro iraquiano, Haidar al Abadi, convocou as tribos do país a se rebelar contra o grupo Estado Islâmico (EI), destacando a importância que Bagdá atribui à resistência das  comunidades ao avanço dos jihadistas.

"É preciso que haja uma revolta tribal para que a sociedade iraquiana se veja livre deste inimigo", disse Al-Abadi em uma reunião com Suhaib al Rawi, novo governador da província de Al Anbar, território situado a oeste de Bagdá e controlado parcialmente pelo EI. 

O Estado Islâmico lançou uma vasta ofensiva em 2014 e conquistou amplas zonas no Iraque, como a província de Al Anbar, na fronteira com a Síria, e territórios no norte do país.

O apoio dos poderosos grupos tribais é considerado fundamental na luta contra o EI e vários combatentes destas comunidades têm desempenhado um papel fundamental para impedir a queda total de Al Anbar nas mãos dos jihadistas.

 

 

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias