Fatalidade

Correspondente veterano da CBS morre em acidente de carro em NY

Jornalista Bob Simon estava em um táxi que se chocou com um Mercedes em Manhattan

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 12/02/2015 às 15:03
Foto: John Lamparski / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Jornalista Bob Simon estava em um táxi que se chocou com um Mercedes em Manhattan - FOTO: Foto: John Lamparski / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Leitura:

O jornalista americano Bob Simon, correspondente veterano da emissora CBS e integrante da equipe do programa "60 Minutes" desde 1996, morreu na noite desta quarta-feira (11) após se envolver em um acidente de carro em Nova York.

Bob, 73, estava em um táxi que se chocou com um Mercedes na West Side Highway, em Manhattan. Segundo a imprensa local, bombeiros tiveram de cortar o teto do carro para retirar o jornalista e o motorista do veículo.

Simon foi levado ao hospital St. Luke's-Roosevelt, onde sua morte oi confirmada. O taxista, segundo a polícia, teria sofrido um ataque cardíaco pouco antes do acidente. Não há informações sobre seu estado de saúde. Já o motorista do Mercedes saiu ileso da batida.

O premiado jornalista, ganhador de 27 Emmys, cobriu em suas cinco décadas de carreira os principais conflitos internacionais ocorridos desde os anos 1960 até hoje.

Simon começou na "CBS News", em 1967, como repórter na cidade de Nova York. Dez anos depois, foi enviado ao escritório da emissora em Tel Aviv (Israel) e, posteriormente, a Washington, como correspondente no Departamento de Estado.

Uma das principais coberturas que fez foi em Saigon (atualmente Ho Chi Minh) durante a Guerra do Vietnã, que lhe rendeu o prêmio Overseas Press Club Award para a melhor reportagem sobre o final do conflito.

Simon também cobriu a violência na Irlanda do Norte, e suas reportagens o levaram a lugares como Portugal, Chipre, Golfo Pérsico, Iugoslávia, Somália e Haiti.

Seu último trabalho para o "60 Minutes" foi uma entrevista exibida no fim de semana passado com Ava Duvernay, a diretora do filme "Selma", indicada ao Oscar.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias