Prisão

Espanha prende onze suspeitos de terrorismo na Catalunha

Os detidos, dez homens e uma mulher, têm entre 17 e 45 anos

Edson Mota
Edson Mota
Publicado em 08/04/2015 às 14:28
Leitura:

Numa operação que envolveu a participação de 360 agentes, a polícia espanhola prendeu nesta quarta (8), na Catalunha, no nordeste da Espanha, onze pessoas suspeitas de fazer parte de uma célula terrorista que  recrutaria jovens para lutar na Síria e no Iraque, além de planejar um ataque à região.

Os detidos, dez homens e uma mulher, têm entre 17 e 45 anos, cinco são espanhóis, cinco marroquinos e um de origem paraguaia. As prisões foram feitas depois de buscas em 17 propriedades nas cidades de Terrassa, Sabadell, Sant Quirza del Vallès, Barcelona e Valls.

A operação é resultado de uma investigação que começou há um ano e que já tinha resultado na prisão, em dezembro do ano passado, de três jovens espanhóis na Bulgária, que tentavam alcançar a Síria para lutar pelo grupo radical Estado Islâmico.

Em entrevista à Rádio Catalunya, o Ministro do Interior da Espanha, Jorge Fernández Díaz, afirmou que das 1.264 mesquitas estabelecidas em território espanhol, pelo menos uma centena segue a linha mais radical do Islã, o salafismo. Destas, segundo ele, metade está na Catalunha. “O risco existe, não podemos baixar a guarda”, afirmou.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias