PRESIDENTE DA CHINA

Xi Jinping: China não aceitará tentativas de independência de Taiwan

''O desenvolvimento pacífico das relações entre as duas margens do estreito de Taiwan é o único caminho'' disse Xi Jinping

ABr
ABr
Publicado em 01/07/2016 às 6:49
Foto: AFP
''O desenvolvimento pacífico das relações entre as duas margens do estreito de Taiwan é o único caminho'' disse Xi Jinping - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

A China não aceitará nenhuma ação voltada à obtenção de independência por Taiwan e se oporá às forças separatistas, declarou nesta sexta-feira o presidente da China, Xi Jinping.

“O desenvolvimento pacífico das relações entre as duas margens do estreito de Taiwan é o único caminho. Se ater ao “Consenso de 1992” e se opor ao separatismo — esse é o nosso fundamento político”, disse Xi Jinping, ao discursar em encontro solene, por ocasião dos 95 anos do Partido Comunista da China. Ele destacou que Pequim “nunca aceitará ações voltadas para a chamada independência de Taiwan.

“Consenso de 1992” é o termo usado após a reunião dos representantes da China e de Taiwan em 1992, que prevê o reconhecimento da unidade e do princípio de uma “China única”. No entanto, China e Taiwan apresentam interpretações diferentes desse termo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias