EUA

Precisamos reduzir o risco de fazer negócios no Brasil, diz Dilma

A entrevista foi concedida durante visita de Dilma à sede da publicação. Lá, a presidente se reuniu com Rupert Murdoch, dono do jornal e da rede de notícias Fox News

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 29/06/2015 às 22:00
Foto: KENA BETANCUR / AFP
A entrevista foi concedida durante visita de Dilma à sede da publicação. Lá, a presidente se reuniu com Rupert Murdoch, dono do jornal e da rede de notícias Fox News - FOTO: Foto: KENA BETANCUR / AFP
Leitura:

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (29) ao "Wall Street Journal" que é preciso reduzir o risco de fazer negócios no Brasil. Mas que, por possui fundamentos fortes, o país atrairá investidores de longo prazo.

A entrevista foi concedida durante visita de Dilma à sede da publicação. Lá, a presidente se reuniu com Rupert Murdoch, dono do jornal e da rede de notícias Fox News.

De acordo com o site do "Wall Street Journal", a presidente elogiou ainda a aproximação entre os Estados Unidos e Cuba.

"É muito importante para a América Latina que esse último traço da Guerra Fria tenha sido enterrado", afirmou.

Depois da visita, a presidente teve encontros com investidores e empresários americanos e com Henry Kissinger, ex-assessor do presidente americano Richard Nixon no hotel St. Regis, onde está hospedada em Nova York.

Dilma encerrou a agenda na cidade ao discursar no seminário promovido pelo governo brasileiro para divulgar o pacote de concessão em infraestrutura, lançado no início deste mês. Após a fala, seguiu para Washington, onde terá compromissos com o presidente americano, Barack Obama.

Últimas notícias