Declarações

Bolsonaro: "Não descansaremos enquanto todo país irmão não respirar democracia"

Presidente Bolsonaro também voltou a citar o ataque com faca que sofreu durante campanha eleitoral

Anna Tenório
Anna Tenório
Publicado em 30/11/2019 às 13:44
Notícia
Marcelo Camargo/ ABR
Presidente Bolsonaro também voltou a citar o ataque com faca que sofreu durante campanha eleitoral - FOTO: Marcelo Camargo/ ABR
Leitura:

Em discurso, neste sábado, na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende, no sul fluminense, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o País não descansará "enquanto países irmãos não respirarem democracia e liberdade".

A fala de Bolsonaro durou quase sete minutos e lembrou muito seus discursos de campanha. O presidente voltou a citar o atentado sofrido em Juiz de Fora em setembro do ano passado e disse que o País está mudando, mas que ninguém conseguirá fazê-lo "sozinho". "Meu sonho no momento é entregar a quem me suceder um Brasil melhor do que recebi", afirmou.

Apoio

Após o pronunciamento, o presidente foi aplaudido de forma mais contida do que aquela vista na última oportunidade, em agosto, na mesma Aman.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias