REUNIÃO

Lula se encontra com papa Francisco no Vaticano

Lula teve um encontro com o pontífice na residência papal da Casa Santa Marta

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 13/02/2020 às 13:59
Notícia
?Foto: Ricardo Stuckert
Lula teve um encontro com o pontífice na residência papal da Casa Santa Marta - FOTO: ?Foto: Ricardo Stuckert
Leitura:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se encontrou, nesta quinta-feira (13), com o papa Francisco na residência papal da Casa Santa Marta (Domus Sanctae Marthae), no Vaticano.

Sobre a reunião, o ex-presidente publicou em seu Instagram que foi um "encontro com o Papa Francisco para conversar sobre um mundo mais justo e fraterno". Segundo a imprensa italiana, os dois estiveram juntos por cerca de uma hora.

O encontro foi intermediado pelo presidente da Argentina, Alberto Fernández, que visitou o conterrâneo no Vaticano no dia 31 de janeiro.

Às vésperas do encontro, o petista publicou no Twitter: "Vou visitar o Papa Francisco para agradecer não só pela solidariedade que teve comigo em um momento difícil, mas sobretudo pela dedicação dele ao povo oprimido. Também quero debater a experiência brasileira no combate à miséria".

Veja também: Ex-ministro de Lula, Aldo Rebelo ataca ONGs da Amazônia e defende projeto de Bolsonaro

Veja também: Cláudio Humberto: Lula alfineta João Campos e diz que Recife 'precisa de prefeito, não de príncipe'

O encontro foi privado. Lula chegou ao Vaticano por volta de 15H30 no horário local a bordo de um automóvel com vidro fumê e a Santa Sé não vai divulgar um comunicado oficial devido a seu caráter privado.

>> Papa denuncia injustiças na Amazônia e evita tema celibato; veja vídeo

O ex-presidente brasileiro solicitou um adiamento de um interrogatório previsto para 11 de fevereiro em Brasília para poder viajar à Itália e ao Vaticano entre os dias 12 e 15. 

Lula espera em liberdade o julgamento de todos os recursos do processo em que foi condenado em segunda instância pelo caso do tríplex no Guarujá. A Justiça adiou o interrogatório, ligado à Operação Zelotes, para dia 19 de fevereiro.

Esquerda

Lula também aproveitou a viagem para para discutir com políticos da esquerda italiana a situação do Brasil sob o governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

O encontro entre Lula e o pontífice já repercute no meio político. A ex-deputada Terezinha Nunes, por exemplo, utilizou do Twitter para afirmar que ''Jesus teve compaixão com os criminosos. Assim fez o papa com Lula''.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias