eleições 2016

Conheça Lula Preto, servente de pedreiro eleito vereador em Pernambuco

Luis Francisco conquistou o mandato em Cachoeirinha, município do Agreste pernambucano

Vanessa Araújo
Vanessa Araújo
Publicado em 04/10/2016 às 12:48
Foto: Reprodução/Facebook
Luis Francisco conquistou o mandato em Cachoeirinha, município do Agreste pernambucano - FOTO: Foto: Reprodução/Facebook
Leitura:

Lula Preto, um ex-agricultor e servente de pedreiro de 58 anos, pai de oito filhos, foi o vereador mais votado nestas eleições no município de Cachoeirinha, Agreste de Pernambuco, 173 quilômetros da capital pernambucana. Com o jingle 'o povo quer o liso', Luis Francisco da Silva  conquistou o primeiro mandato com 1.662 votos - 13,57% dos 12.956 votos válidos pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), o mesmo do prefeito eleito no município, Ivaldo Almeida, e do governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

>> Em Jaboatão, você só conhecerá os vereadores pelo apelido

>> Descubra quem é Michele Colins, líder de votos no Recife

Para se eleger, Lula contou com a popularidade, R$ 2.340 de doação para a campanha e a ajuda dos amigos e da família. “Muitos votaram como protesto contra os nomes que sempre se repetem na Câmara, mas que nunca fazem nada”, opinou a comerciante Valdirene Araújo.

Luís conta que a ideia de se candidatar surgiu a partir de uma brincadeira. Uma amiga sugeriu que ele se lançasse e ele decidiu levar o projeto a frente. “Fui procurar o candidato a prefeito e ele disse que me apoiava. A partir daí, comecei falando com meus vizinhos na vila aqui onde eu moro e no resto da cidade”, contou.

Ouça o jingle da campanha de Lula Preto:

Morador da Vila São Sebastião há 35 anos, Lula perdeu o casebre na beira do Rio Una durante uma cheia em 2006. Foi obrigado a se mudar após o imóvel ser condenado. Anos depois, aproveitando a seca do rio, voltou para o mesmo terreno e ergueu uma nova moradia, onde mora com a mulher e quatro filhos. Com sala, cozinha e um quarto, a casa passou a ter banheiro somente nos últimos meses, construído com doações de comerciantes da cidade. 

Sobre o futuro, Lula espera poder ajudar a população. “Vou ouvir as pessoas, levar as vontades do povo para a Câmara”, conta ansioso. Com o salário mensal de aproximadamente R$ 5 mil, o futuro vereador sonha em “ajeitar a casinha, ajudar a família e comprar um carro”.

O prefeito eleito de Cachoeirinha Ivaldo Almeida comemorou a vitória de Lula Preto. “Conseguimos eleger oito de 11 vereadores que tem a Câmara e Lula, que é muito popular, foi o primeiro. Ele é muito humano. Um cidadão que cumpre seus compromissos e é muito inteligente, apesar de não ter concluído os estudos”, afirmou.

Lula Preto

“Meu projeto é fazer conseguir uma pracinha aqui na vila, que não tem área de lazer. Quero deixar essa vila organizada. Meu coração ainda está agoniado, não esperava que ia ser o mais votado. Acho que isso mostra que as pessoas querem uma pessoa do povo, que entenda as necessidades da cidade”, afirmou ao JC. Lula Preto estudou até a 4ª série, passou 10 anos trabalhando em um curtume, é ex-agricultor e servente de pedreiro. Mesmo sem celular e nenhum acesso a internet, Lula tem um perfil no Facebook, alimentado por um sobrinho com ajuda de amigos.

Por onde passa, Lula gosta de recitar seus versos.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias