OPERAÇÃO CAIXA DE PANDORA

Neco e candidato a vice de Anderson Ferreira são alvo da polícia

A Operação Caixa de Pandora investiga suspeitos de envolvimento em esquema criminoso com atuação na Câmara de Vereadores de Jaboatão

JC Online
JC Online
Publicado em 14/10/2016 às 6:51
Bobby Fabisak?/JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak?/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 8h26

A Polícia Civil deflagrou, nesta sexta-feira (14), a Operação Caixa de Pandora para investigar suspeitos de envolvimento em esquema de peculato, abandono de cargo público, falsificação de documento público e associação criminosa, com atuação na Câmara de Vereadores do município de Jaboatão dos Guararapes. O candidato a prefeito da cidade, Neco (PDT), e o candidato a vice na chapa de Anderson Ferreira (PR), Ricardo Valois, estão entre os alvos.

Ao todo, estão sendo cumpridos 48 mandados de busca e apreensão domiciliar. Desse total, 19 são em endereços ligados à parlamentares da Câmara de vereadores de Jaboatão. As investigações tiveram início há cinco meses pela Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (DECASP).

Bobby Fabisak?/JC Imagem
A Operação Caixa de Pandora foi deflagrada nesta sexta-feira (14) - Bobby Fabisak?/JC Imagem
Bobby Fabisak?/JC Imagem
Material apreendido está sendo levado para o Departamento de Repressao aos Crimes Patrimoniais - Bobby Fabisak?/JC Imagem
Bobby Fabisak?/JC Imagem
O candidato Neco (PDT) e o candidato a vice na chapa de Anderson Ferreira (PR) estão entre os alvos - Bobby Fabisak?/JC Imagem
Bobby Fabisak?/JC Imagem
Material apreendido inclui computadores, documentos e dinheiro - Bobby Fabisak?/JC Imagem
Bobby Fabisak?/JC Imagem
Dezenove mandados estão sendo cumpridos em endereços ligados à parlamentares da Câmara de Jaboatão - Bobby Fabisak?/JC Imagem
Bobby Fabisak?/JC Imagem
A operação conta com a participação de 354 policiais civis - Bobby Fabisak?/JC Imagem
Bobby Fabisak?/JC Imagem
Ao todo, estão sendo cumpridos 48 mandados de busca e apreensão domiciliar - Bobby Fabisak?/JC Imagem

A operação conta com a participação de 354 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. Os materiais apreendidos serão encaminhados ao Departamento de Repressao aos Crimes Patrimoniais (Depatri), em Afogados, na Zona Oeste do Recife.

De acordo com informações iniciais, um casal foi preso em flagrante durante a ação, nesta manhã. Computadores, pen drives, dinheiro e armas estão entre os materiais apreendidos.

O advogado de Neco, Joaquim Barreto, afirmou que operação trata-se de perseguição política com prejudicar o candidato. Isso é uma coisa que está sendo feita para atingir a integridade do candidato Neco. É por isso que estamos indo para a Corregedoria Eleitoral para denunciar esse fato e apurar o ocorrido. Ouça o áudio na íntegra:

Debate entre os candidatos a prefeito de Jaboatão dos Guararapes

Nessa quinta-feira (13), os dois candidatos a prefeito de Jaboatão, o deputado federal Anderson Ferreira (PR) e o vereador Neco (PDT), participaram de um debate marcado por poucas propostas e muitas acusações na Rádio Jornal. 

Na primeira pergunta, Anderson questionou Neco sobre um processo que ele responde por corrupção passiva e formação de quadrilha, do qual o pedetista alega ser inocente e apenas ter pedido dinheiro emprestado a um colega vereador. Na resposta, Neco acusou o pai de Anderson, quando deputado estadual, de ter participado de um escândalo de subvenção social na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

O deputado federal também acusou o adversário de aposentar a própria esposa quando presidiu a Câmara de Vereadores; o que Neco também contesta avisando que nem era vereador quando ela se aposentou através do Instituto de Previdência do município. Em reação, Neco chamou Anderson de "mentiroso" e "farsante".

Militâncias dos prefeituráveis de Jaboatão entram em confronto

O clima quente e a troca de acusações entre os candidatos à prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, durante o debate realizado nos estúdios da Rádio Jornal, se transformou em violência entre as militâncias dos candidatos Anderson Ferreira (PR) e Neco (PDT). No início da tarde desta quinta-feira (13), grupos entraram em confronto na Rua do Lima, no bairro de Santo Amaro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias