críticas

'Projeto para eleger João Campos'. Oposição critica Geraldo Julio por inaugurações no Recife

Líder da oposição na Câmara, Renato Antunes disse se sentir lesado. O prefeiturável Mendonça Filho classificou as entregas como ''projeto para eleger João Campos''

Elton Ponce
Elton Ponce
Publicado em 08/01/2020 às 7:28
Notícia
Foto: Arquivo/JC Imagem
Líder da oposição na Câmara, Renato Antunes disse se sentir lesado. O prefeiturável Mendonça Filho classificou as entregas como ''projeto para eleger João Campos'' - FOTO: Foto: Arquivo/JC Imagem
Leitura:

Líder da oposição na Câmara de Vereadores do Recife, Renato Antunes (PSC) classificou como “fraude eleitoral” o anúncio das mais de 1500 inaugurações por parte de Geraldo Julio. De acordo com o vereador, o prefeito tenta enganar seu eleitor, deixando para o fim do mandato a entrega de obras que já poderiam estar sendo utilizadas pela população.

“Infelizmente, a entrega volumosa de obras no final de um mandato de prefeito é uma prática comum. O que eu vou dizer pode ser um pouco forte, mas a meu ver isso é uma fraude eleitoral. Eu, enquanto cidadão, me sinto lesado pela prefeitura, pois pago impostos anualmente, mas o prefeito, com o objetivo de capitalizar votos e eleger seu sucessor, deixa todas as entregas para o ano eleitoral. É lamentável”, declarou Antunes.

Para o ex-governador e prefeiturável Mendonça Filho (DEM), Geraldo não estaria pensando em fazer essas inaugurações para beneficiar o povo do Recife, mas para atender aos anseios eleitorais do seu partido. “Esse anúncio é a consagração do propósito maior do prefeito Geraldo Julio, que é transformar a Prefeitura do Recife em um quartel general eleitoral do PSB. O projeto é eleger João Campos prefeito em 2020 e Geraldo Julio governador em 2022. No fim do ano passado, inclusive, o prefeito transformou o Compaz, que é um equipamento público, num espaço de lançamento da pré-candidatura de João Campos. Essas obras não estão voltadas para o benefício dos recifenses, mas para a perpetuação do PSB no poder”, cravou.

Entenda as entregas

Em seu último ano à frente da Prefeitura do Recife (PCR), o prefeito Geraldo Julio (PSB) anunciou que irá realizar mais de 1.500 inaugurações. O gestor esteve reunido com todo o secretariado nesta terça-feira (7) no Forte das Cinco Pontas, área central da cidade, para pactuar as intervenções prioritárias que serão entregues até o final do ano – em plena corrida eleitoral. Apesar de cravar que as ações são pertinentes às necessidades da população, em paralelo, caberá a Geraldo ser o responsável por conduzir o processo de sucessão, conforme afirmou o governador Paulo Câmara (PSB), no dia anterior, em entrevista a Rádio CBN Recife.

Veja as obras prioritárias:

- Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa
- Nova Conde da Boa Vista
- Compaz Dom Hélder Câmara
- Inauguração de três novas upinhas
- Ilumina Recife com 150 comunidades beneficiadas
- Pavimentação de 300 ruas
- 200 km de rotas cicláveis 
- Reabertura do Ginásio Geraldão
- Reabertura Teatro do Parque
- 100% das salas de aulas climatizadas pelo Novo Clima

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias