Privacidade

Justiça determina que Google retire imagens de homem fotografado nu em Paulista

Homem estava na varanda de sua casa quando foi flagrado pelas câmeras do carro do Google Street View

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 24/09/2014 às 11:38
Foto: Pedro Ladeira/AFP
Homem estava na varanda de sua casa quando foi flagrado pelas câmeras do carro do Google Street View - FOTO: Foto: Pedro Ladeira/AFP
Leitura:

A Justiça Civil de Pernambuco determinou, em decisão proferida na última terça-feira (23), que o Google retire a imagem de um homem fotografado sem roupa pelo Street View na cidade de Paulista, Região Metropolitana do Recife. A decisão é da juíza Regina Célia de Albuquerque Maranhão, da 3ª Vara Cível da Comarca Paulista.

O homem, que é doente mental, foi fotografado na varanda de sua casa, na Rua Cento e Quarenta e Oito, no bairro de Jardim Paulista Alto. A justiça determinou que o Google tem cinco dias para retirar as imagens do aplicativo; caso descumprimento da decisão, a empresa receberá multas diárias de R$ 5 mil. 

O Google Street View começou a mapear as ruas brasileiras em julho de 2009. A partir de setembro de 2012, o serviço ficou disponível para os usuários do Brasil. O aplicativo oferece imagens em 3D de ruas na internet, que são coletadas por veículos que circulam pelas cidades.

Este não é o primeiro caso de violação de privacidade realizado pelo serviço. Em janeiro deste ano, o Google foi condenado ao pagamento de R$ 25 mil de indenização por danos morais a uma adolescente que foi fotografada enquanto trocava de roupas dentro de casa, em Jaboatão dos Guararapes.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias