OPINIÃO

Saiba o que não pode faltar no currículo para se destacar na seleção de emprego

O currículo é o primeiro contato entre o profissional e a empresa; é o cartão de visitas do candidato a uma vaga. Por isso, é importante que seja feito com dedicação e com a sua cara

Felippe Pessoa
Felippe Pessoa
Publicado em 23/11/2020 às 6:30
Notícia
Divulgação
Anos atrás os currículos eram extremamente detalhados. Com o passar do tempo, percebeu-se não haver necessidade de um material tão longo e o famoso CV ficou menor e mais dinâmico - FOTO: Divulgação
Leitura:

Semana passada falei aqui na coluna sobre as mentiras mais comuns que os profissionais contam em seus currículos e as consequências que elas têm. Para evitar problemas e ajudar os candidatos a serem vistos pelos recrutadores, na coluna desta segunda-feira (23), dou dicas do que não pode faltar no seu currículo para se destacar em meio a tantos outros avaliados pelos recrutadores.

O currículo é o primeiro contato entre o profissional e a empresa; é o cartão de visitas do candidato a uma vaga. Através dele é possível se apresentar ao mercado, falar de maneira breve sobre suas experiências profissionais, sua formação acadêmica e a área de atuação em que sua carreira está pautada. O currículo é a primeira maneira de se apresentar e despertar no recrutador o interesse de aprofundar o conhecimento na sua vida profissional. Por isso, é importante que seja feito com dedicação e com a sua cara.

É verdade que, ao longo do tempo, os currículos se transformaram. Anos atrás eles eram extremamente detalhados, com informações completas sobre o profissional. Com o passar do tempo, percebeu-se não haver necessidade de um material tão longo e o famoso CV ficou menor e mais dinâmico. Hoje, não deve passar de uma página. Se você tem uma carreira longa, com diversas passagens em diferentes empresas, por exemplo, privilegie as 3 últimas e apenas cite as anteriores. Isso já é uma primeira dica para tornar seu CV mais objetivo.

Além dessa, outras dicas são importantes para ser notado e despertar o interesse dos recrutadores. Vamos a elas:

Dados Pessoais

Seu currículo deve começar com seus dados e contatos. São eles: nome, endereço, estado civil, idade, e-mail e telefones. Sem isso, é praticamente impossível ser encontrado. Então, não esqueça de fornecer esses dados.

Formação Acadêmica

Na sequência, vêm sua formação acadêmica. Em ordem cronológica – do mais recente ao mais antigo – enumere seu curso superior, suas pós-graduações, mestrados etc. lembrando sempre de colocar o nome do curso, a instituição de ensino e o ano de formação.

Resumo das Qualificações

Provavelmente, esse é o principal tópico do seu currículo. Aqui você terá a oportunidade de descrever seus conhecimentos, habilidades e experiências de forma resumida. É a chance de falar brevemente os conhecimentos técnicos que você tem, os segmentos em que atuou e as habilidades comportamentais que desenvolveu até aqui.

Experiência Profissional

Em ordem cronológica – sempre começando pelo mais recente e seguindo até as mais antigas – descreva suas experiências profissionais. Nome da empresa, segmento de atuação e uma brevíssima apresentação seguida do cargo e período em que está na empresa. Além disso, o candidato deve colocar a cidade em que trabalha ou trabalhou naquela empresa e as principais responsabilidades e resultados.

Essas informações são importantes para que o recrutador identifique as sinergias entre as experiências anteriores e o perfil desejado para a posição que está buscando.

Idiomas

Algumas posições têm como pré-requisito um idioma específico, principalmente o inglês. Por isso, é importante destacar os idiomas que você conhece e o nível – básico, intermediário, avançado ou fluente. Se você fez algum curso de idioma ou está fazendo, também é válido destacar.

Cursos

Sabe aqueles cursos de final de semana? Aquele curso de excel avançado? Aqui é o espaço para você destacá-los. Mas vale uma dica: se você tem muitos cursos, priorize os mais relevantes. Elencar um a um pode ficar cansativo para o leitor.

Com essas dicas é possível fazer um currículo com as informações necessárias e completas. Mais do que isso, o material fica longo e cansativo para o recrutador que precisa avaliar diversos deles para selecionar os candidatos à vaga. A dica final é: seja breve, mas consistente. E boa sorte nos próximos passos profissionais.

Comentários

Últimas notícias