Coronavírus

Avanço do coronavírus no interior não é surpresa. Prefeituras estão preparadas?

A ausência de senso de realidade é tão grande que houve quem defendesse que já dava pra realizar festas de São João no interior, quando a única relação possível com o santo, nesse momento deveria ser rezar.

Igor Maciel
Igor Maciel
Publicado em 16/06/2020 às 11:06
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Para atuação no combate à pandemia, Pernambuco nomeou 3.261 profissionais aprovados em concurso público e outros 6.669 aprovados por meio de seleções simplificadas - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

O coronavírus chegou com mais força nas capitais que tinham aeroportos internacionais, como Recife e Fortaleza, porque precisa ser transportado por pessoas. Não é difícil, apesar do ineditismo desse vírus, imaginar que após se estabelecer no Recife ele avançaria pelas estradas em direção ao interior, levado pelos motoristas e passageiros dos veículos.

Logo, a informação de que os novos casos no interior já respondem por quase 70% do total em Pernambuco não surpreende. Se após observar todo o estrago que a covid-19 fez na China e na Europa, nós não conseguimos nos preparar devidamente para a chegada do vírus aqui e ainda fizemos carnaval como se estivéssemos isolados do resto do mundo, também não surpreende que municípios do interior estejam querendo reabrir comércio e voltar à rotina, justo quando a problema se intensifica nessas áreas.

A ausência de senso de realidade é tão grande que houve quem defendesse que já dava pra realizar festas de São João no interior, quando a única relação possível com o santo, nesse momento deveria ser rezar para que se tenha leito de UTI suficiente nas próximas semanas.

Comentários

Últimas notícias