OPINIÃO

Em nova pesquisa, Marília Arraes lidera corrida pela prefeitura do Recife. Surpreende João Campos, agora em 5º

Pesquisa encomendada pelo PSDB e divulgada na coluna na última semana mostrava João Campos em 3º lugar

Cláudio Humberto
Cláudio Humberto
Publicado em 17/07/2020 às 7:32
Fotos: Leo Motta / JC Imagem
João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT), candidatos a Prefeitura do Recife - FOTO: Fotos: Leo Motta / JC Imagem
Leitura:

Sobrando

Outra pesquisa divulgada esta semana, no Recife, mostra Marília Arraes (PT) sobrando na corrida pela prefeitura do Recife. Surpreende o garotão João Campos (PSB), filho de Eduardo Campos, agora em 5º lugar.

‘Manicômio do ICMS’

Assessor especial do ministro da Economia e um dos ideólogos da recriação da CPMF, com a invenção do ITD (Imposto sobre Transações Digitais), preferiu ontem, em declaração à coluna, atacar o caótico sistema tributário. “O ICMS é o próprio manicômio tributário com 27 legislações que não se falam”, disse ele. Afif explica que a proposta de reforma tributária do governo “vai simplificar isso, transformar cinco tributos em uma única contribuição”. O projeto está em fase final.

Para Afif, corrigir as disfunções atuais e trazer ganhos imediatos para a economia é o objetivo da reforma e da criação do ITD, o novo tributo.

A ideia é tornar permanente a desoneração da folha, a fim de gerar empregos e renda, criando o ITD para repor a receita de R$60 bilhões.

O governo quer mesmo é taxar o comércio eletrônico. “A economia digital é a nova economia, esse debate precisa ser feito”, diz Afif Domingos.

Em vez de criar imposto, o governo deveria reduzir privilégios como carro oficial e penduricalhos indecorosos tipo auxílio-moradia, biênio, triênio...

Maia ignorando o que desagrada

Na reta final do mandato de presidente da Câmara, Rodrigo Maia mantém a marca de “sentar em cima” de medidas provisórias ou projetos que não o interessam, como a medida provisória sobre a regularização fundiária. Também havia maioria para aprovar o projeto que acaba o esquema da Agência Nacional de Petróleo (ANP) proibindo a venda direta de etanol aos postos, mas ele não deixou que fosse votada, para alegria dos poderosos distribuidores/atravessadores de combustíveis Rodrigo Maia mantém na gaveta desde 2016 a resolução do Senado que anulava a cobrança de bagagem. O lobby das empresas aéreas adorou.

Maia tentou uma nova jogada coma MP da regularização fundiária e a transformou em projeto de Lei, que ele mantém parado há dois meses.

Enquanto a venda direta enfrenta o lobby das distribuidoras, Maia ignora projeto de 2018, do deputado JHC (PSB-AL), que resolveria o problema.

Cetas na mira

O caso da cobra naja que picou um estudante, em Brasília, virou investigação de tráfico internacional de animais silvestres. Uma das pistas apontam para a suposta participação de funcionários de carreira de órgão do Ibama.

Escola tucana

Candidatos do PSDB a presidente em 4 eleições, Alckmin e Serra estão enrolados coma polícia. Alckmin foi à TV criticar Bolsonaro. Os entrevistadores pareciam mais interessados nisso do que em pedir explicações sobre o seu indiciamento por receber propina da Odebrecht.

Engorda

O deputado Fábio Ramalho (MDB-MG) continua cevando sua candidatura à presidência da Câmara. Esta semana, em vez de leitão a pururuca, ele serviu doces mineiros aos colegas.

Frase

"Nós precisamos resgatar o respeito pelo professor” Novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, em seu discurso de posse nesta quinta (16).

Vendas pandêmicas

Consumidores compraram como gente grande, durante a pandemia. O movimento fez o valor de mercado da Amazon atingir o recorde de US$1,5 trilhão e a fortuna do dono, Jeff Bezos, saltar US$68 bilhões.

Desvio de papel

A Associação Paulista de Medicina criticou a atuação da ANS como advogada dos planos de saúde ao derrubar a liminar que os obrigava a cobrir testes de covid-19. “A agência se desvia do seu papel social”, diz.

MAIS DE CLÁUDIO HUMBERTO

Comentários

Últimas notícias