Opinião

Eleições 2022: Levantamento aponta empate técnico entre Lula e Bolsonaro; Datena aparece na 3ª posição

O grande destaque da pesquisa é o jornalista José Luiz Datena, que aparece com 7% das intenções de voto para presidente, firmando-se na liderança da "terceira via", à frente de políticos tradicionais como Ciro Gomes e João Doria. Leia os destaques de Cláudio Humberto

Cláudio Humberto
Cláudio Humberto
Publicado em 30/07/2021 às 6:43
Notícia
MONTAGEM SOBRE FOTOS/EDITORIA DE ARTES
Lula e Bolsonaro - FOTO: MONTAGEM SOBRE FOTOS/EDITORIA DE ARTES
Leitura:

Bolsonaro e Lula empatam e Datena lidera 3º via

Levantamento Paraná Pesquisa sobre a situação eleitoral presidencial para 2022 revela empate técnico entre o presidente Jair Bolsonaro (32,7%) e o ex-presidente petista Lula (33,7%), mas o grande destaque da pesquisa é o jornalista José Luiz Datena, que aparece com 7% das intenções de voto para presidente, firmando-se na liderança da "terceira via", à frente de políticos tradicionais como Ciro Gomes e João Doria. O jornalista está só um pouco à frente de Ciro (7% a 6,8%), tem quase o dobro de Doria (3,9%) e põe Mandetta (1,8%) na zona de rebaixamento. Estar bem à frente de Doria nas pesquisas certamente dá um certo sabor especial para Datena. Os dois não se bicam. Rivais na disputa pela presidência do Senado, Rodrigo Pacheco (0,7%), do DEM, e Simone Tebet (0,6%), do MDB, estão muito mal na pesquisa. O Paraná Pesquisas ouviu 2.010 eleitores, entre os dias 24 e 28 de julho, em 155 municípios distribuídos nos 26 Estados e no DF.

Covid na Câmara do DF

A Câmara Legislativa do Distrito Federal tem números preocupantes de contaminação por Covid-19. Até agora, 19 dos 27 deputados testaram positivo para a doença. O diagnóstico mais recente foi o do deputado Guarda Jânio (Prona), nesta quinta (29). No total, a doença vitimou 70% dos deputados que integram a Câmara Legislativa do Distrito Federal. Alguns deles chegaram a ser hospitalizados, mas não houve óbitos. Apesar do índice elevado de contaminação, Câmara Legislativa decidiu pelo retorno do trabalho presencial já a partir desta segunda-feira (2). Para evitar aglomerações, as unidades administrativas da Câmara poderão manter rodízio, porém, com número mínimo de servidores.

Pandemia Dilma

O ministro Paulo Guedes (Economia) celebrou 2,3 milhões de empregos gerados no governo atual e destacou que, pela primeira vez, desde 2015, o Brasil superou 40 milhões de trabalhadores com carteira assinada.

Mentira

É uma mentira essa história de que o Supremo Tribunal Federal (STF) atribuiu "responsabilidade concorrente" aos governos federal, estaduais e municipais, nas ações contra covid-19. Na prática, o STF deu a prefeitos e governadores a prerrogativa de ignorar decisões do governo federal.

Não dá

Nunca se comprovou fraude em urna eletrônica, mas "não significa que não houve", diz o professor Jeroen van de Graaf, da UFMG, em seu livro "O mito da urna eletrônica", sobre a "(in)segurança" da votação.

Último fusca

Há 18 anos, em 30 de julho de 2003, último Volkswagen Fusca era produzido no México. O carrinho, que virou paixão mundial, começou a ser fabricado na Alemanha em 1938, na ascensão de Adolf Hitler.

Custo

Pesquisa da CNI com mais de 100 empresas cravou falta de contêineres como grande problema no comércio internacional, mais ainda para o Brasil. O frete China-Brasil foi de US$2 mil para US$10 mil por contêiner.

Vacinação

A média diária de casos de covid segue em queda e fechou ontem em 36,1 mil, entre as menores do ano. O mesmo ocorre quanto às mortes. São 1.065 atualmente, metade da média observada em meados de junho.

Frase

"Não somos República de Bananas... mas tem uns bananas nela". Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a live de ontem.

Comentários

Últimas notícias