8 de janeiro

1 ano do 8 de janeiro pode atrasar anúncio de Lula sobre sucessor de Flávio Dino; entenda

Lula pode adiar a indicação do substituto de Flávio Dino no Ministério da Justiça por conta do marco de 1 ano do 8 de janeiro; entenda situação

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 19/12/2023 às 10:41
Notícia
X

Apesar da expectativas de representantes do governo para saber quem Lula (PT) irá indicar para substituir Flávio Dino no Ministério da Justiça e Segurança Pública, o marco de um ano dos atos antidemocráticos do 8 de janeiro pode adiar a divulgação da escolha do presidente

Lula pode adiar a indicação do substituto de Flávio Dino por conta do 8 de janeiro

Segundo informações do Blog de Andréia Sadi, do G1, o presidente Lula pode estar disposto a adiar para janeiro a sua indicação de quem irá assumir o posto de ministro da Justiça e Segurança Pública. A ideia é que Luiz Inácio queira manter a posição de Dino dentro da Esplanada pelo menos até o dia 08 de janeiro de 2024, dia que marca um ano dos atos antidemocráticos em Brasília. 

Os interlocutores de Lula afirmam que o presidente considera que, como Dino e sua equipe foram os principais responsáveis pelo combate e atuações legais contra o grupo de bolsonaristas que invadiram a Esplanada, é importante que o futuro ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) esteja como representante do governo durante o marco. 

A ideia de Luiz Inácio é realizar um ato para lembrar os ataques em Brasília e pedir pelo fortalecimento da democracia. Para aumentar essa mensagem simbólica, Lula quer Dino no evento ainda como seu Ministro da Justiça que atuou diretamente na situação. 

Rodrigo Pacheco já afirmou para Sadi que ainda não foi definido o local para o ato de marco da depredação da Esplanada dos Ministérios, mas que Lula e Dino já discutiram sobre o tema com ele. 

Lula pode até escolher um futuro ministro, mas decidiu por evitar revelar até esse marco, para não retirar a posição de Flávio Dino como ministro da Justiça. O favorito é o ex-ministro do STF Ricardo Lewandowski, caso o ex-magistrado não aceite a disputa entre PT e PSB para eleger um sucessor continuará. 

FLÁVIO DINO É O NOVO MINISTRO DO STF; veja momento do anúncio no SENADO

Tags

Autor