piso salarial

Piso salarial dos professores é reajustado pelo MEC de Lula; veja valor mínimo

Piso salarial do professor da educação básica é reajustado pelo Ministério da Educação do governo Lula; aumento foi menor que a inflação. Veja quantia e principais pontos da mudança

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 01/02/2024 às 10:59 | Atualizado em 02/02/2024 às 8:12
Notícia
X

Nesta quarta-feira (31), o Ministério da Educação do governo Lula (PT) definiu o reajuste do piso salarial dos professores da educação básica. A mudança no salário da categoria foi divulgada em uma edição extra do Diário Oficial da União (DOU). 

Apesar de seguir a diferença do Valor Aluno Ano do Fundeb (VAAF) dos últimos dois anos, é indicado que o reajuste no piso salarial do professor da educação básica foi menor do que o aumento na inflação, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). 

PISO SALARIAL DO PROFESSOR AUMENTOU R$ 160 EM 2024

O reajuste do piso salarial dos professores aumentou em 3,62% o valor mínimo que um professor da educação básica na rede pública deve receber. 

A mudança assegurou uma elevação de R$ 160, quando comparado ao piso de 2023, que assegurava um mínimo de R$ 4.420,55. A delimitação do MEC do governo Lula é de que o menor salário recebido pelos profissionais da educação deve ser de R$ 4.580,57

O reajuste é menor do que o índice de inflação no Brasil desde 2023. O resultado do IPCA apresentou uma inflação acumulada de 4,62%. Essa indicação apresenta que a mudança não equilibra com o custo de vida dos brasileiros. 

 

Como o aumento do piso salarial dos professores não ocorre automaticamente entre estados e municípios, cada estado e município precisará regulamentar o novo valor a partir de sua própria legislação. 

Em protesto pelos aumentos, nos últimos anos a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) tem orientado prefeituras a não pagar a quantia apresentada pelo Governo Federal.

Os salários dos professores são pagos a partir do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) distribuído pela União e os impostos arrecadados. 

  • Quer ficar informado sobre política, eleições e tudo que envolve o jogo do poder? Clique aqui para se inscrever no nosso canal do WhatsApp.

RAQUEL LYRA NOMEIA 509 PROFESSORES E OUTROS PROFISSIONAIS DA ÁREA DE EDUCAÇÃO; SAIBA MAIS


Raquel destacou que a nomeação estará presente no Diário Oficial deste sábado (30) e que os profissionais chegaram para somar no trabalho conjunto pela educação.

A governadora destacou: "Sejam bem-vindos, gente. Contamos com vocês para fortalecer e, juntos, mudar a educação do estado para melhor".

Para mais informações acesse JC.COM.BR

(Imagens: Reprodução/ Redes Sociais)

#ll #política #RaquelLyra #Pernambuco" />

Tags

Autor