COLUNA MOBILIDADE

Vacinação de rodoviários contra covid-19 começa em Olinda, no Grande Recife

Imunização está sendo feita no Expresso Vacina, ônibus que visita as garagens de ônibus. Ação começou pela empresa Cidade Alta, em Rio Doce

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 31/05/2021 às 11:03
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Todas segundas, quartas e sextas o Expresso vai conduzir uma equipe de vacinadores a uma garagem de empresa localizada em Olinda para vacinar os profissionais - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

A vacinação dos motoristas, cobradores e fiscais de ônibus do Grande Recife chegou à cidade de Olinda. E de um jeito diferente: de ônibus. Nesta segunda-feira (31/5), a imunização começou com o Expresso Vacina, coletivo que leva a vacinação até as garagens das empresas que operam o transporte público da Região Metropolitana. A imunização começou às 9h. Na semana passada, a antecipação foi liberada pelo governo de Pernambuco e teve início no Recife.

Inicialmente, o ônibus do Consórcio Conorte visitou a garagem da empresa Cidade Alta conduzindo uma equipe de vacinadores da Secretaria de Saúde de Olinda para iniciar a imunização dos profissionais. A Cidade Alta é uma das três empresas que compõem o Conorte - além dela, a Itamaracá e a Rodotur - e tem um total de 596 trabalhadores. A vacinação será realizada em duas etapas: nesta segunda em 298 rodoviários e na terça em outros 298.

"Medo de morrer está indo embora". O emocionante relato da primeira motorista de ônibus vacinada contra a covid-19 em Pernambuco

Outras empresas do setor que também têm garagem no município serão atendidas e, segundo a Prefeitura de Olinda, os rodoviários que não estiverem na garagem no momento da imunização poderão agendá-la pelo pelo site oficial www.olinda.pe.gov.br. Todas segundas, quartas e sextas o Expresso vai conduzir uma equipe de vacinadores a uma garagem de empresa localizada em Olinda para vacinar os profissionais.

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Vacinação de rodoviários em Olinda - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Vacinação de rodoviários em Olinda - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Vacinação de rodoviários em Olinda - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Vacinação de rodoviários em Olinda - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM

IMUNIZAÇÃO LIBERADA APÓS MUITA PRESSÃO

O governo de Pernambuco decidiu atender aos apelos e anunciou que os profissionais do transporte público do Estado serão vacinados contra a covid-19. O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara na quinta-feira (27/5). O Estado avaçou na imunização contra a covid-19, com a vacinação de todos os grupos prioritários previstos no Plano Nacional de Imunização (PNI) e de pessoas com 59 anos. Além dos motoristas de ônibus, cobradores, metroviários e profissionais do setor de transporte público, também serão imunizados os trabalhadores da educação, agentes penitenciários, entre outras categorias.

O anúncio da vacinação dos profissionais do transporte público é uma vitória de todos. A imunização dos motoristas e cobradores de ônibus e dos metroviários que atuam na Região Metropolitana do Recife foi pedida formalmente ao governo de Pernambuco, à Prefeitura do Recife e às outras 13 prefeituras do Grande Recife. Sindicatos patronais, de empregados e servidores responsáveis pelo transporte público na RMR, com o apoio de representantes da sociedade civil, protocolaram um pedido conjunto pela vacinação imediata da categoria contra a covid-19.

O mesmo documento também foi protocolado no Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO) e na Promotoria de Transporte do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). A primeira entidade questionou legalmente quando o governo de Pernambuco sinalizou que pretendia antecipar a vacinação dos rodoviários ainda em maio. Assinam o pedido a Urbana-PE (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco), a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), o Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, o Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (SindMetro), o Sindicato dos Permissionários do Transporte Complementar de Pernambuco (Sinpetracope) e a Associação dos Empregados do Consórcio de transporte da Região Metropolitana do Recife (Assecon-Grande Recife).

Comentários

Últimas notícias