COLUNA MOBILIDADE

PE-60, rodovia que o governo de Pernambuco planeja pedagiar, ganha manutenção pública no valor de quase R$ 8 milhões

O investimento, entretanto, não será considerado no futuro pacote de concessões, que prevê o repasse da gestão e operação de três PEs para a iniciativa privada por 30 anos e no valor de R$ 2,2 bilhões

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 24/11/2021 às 16:31
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
O dinheiro é público e faz parte do programa rodoviário Caminhos de Pernambuco - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

A rodovia PE-60, o principal eixo rodoviário de acesso ao Litoral Sul de Pernambuco e que está no pacote de concessões rodoviárias que o governo do Estado vai lançar em 2022, está ganhando uma arrumação geral no valor de quase R$ 8 milhões. O dinheiro é público e faz parte do Caminhos de Pernambuco, programa que prevê investimentos no valor de R$ 2 bilhões para requalificar 5.554,5 quilômetros de estradas (em sua maioria PEs) até 2022.

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Além da PE-60, estão no pacote a PE-90, que liga Toritama, no Agreste, ao município de Carpina, na Zona da Mata Norte; e a PE-50, que conecta Limoeiro à BR-232, em Vitória de Santo Antão, também no Agreste pernambucano - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

O governo do Estado anunciou nesta quarta-feira (24/11) que a rodovia terá serviços de recuperação asfáltica, limpeza dos dispositivos de drenagem, capinação, além da requalificação das estruturas de pontes e viadutos. O investimento, entretanto, não será considerado no futuro pacote de concessões, que prevê o repasse da gestão e operação de três PEs para a iniciativa privada por 30 anos e no valor de R$ 2,2 bilhões. Além da PE-60, estão no pacote a PE-90, que liga Toritama, no Agreste, ao município de Carpina, na Zona da Mata Norte; e a PE-50, que conecta Limoeiro à BR-232, em Vitória de Santo Antão, também no Agreste pernambucano.

ARTES/JC
RODOVIAS PEDAGIADAS 1 WEB - ARTES/JC

Mas, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER-PE), as ações já estão em andamento e não interferem no futuro cálculo das concessões, que já ultrapassaram a fase da consulta e das audiências públicas e cujo edital de licitação está previsto para ser lançado no primeiro trimestre de 2022. A situação da PE-60 está tão ruim que até um ex-ator da TV Globo fez críticas às condições de segurança viária da rodovia publicamente

ARTES/JC
RODOVIAS PEDAGIADAS 4 - WEB - ARTES/JC

MELHORIAS NA PE-60

Ao todo, serão contempladas 32 pontes, sendo 26 localizadas em pistas simples e outras seis em trechos duplicados da PE-60. As intervenções, segundo o DER-PE, não provocam retenção no tráfego local porque as 60 pessoas envolvidas no trabalho atuam quase totalmente na parte inferior dos equipamentos. Em paralelo, estão sendo feitos os serviços de manutenção, que incluem o reforço da sinalização horizontal e vertical da via. No momento, está sendo executada a pintura da via e, posteriormente, serão instaladas novas placas de trânsito. Os trabalhos têm previsão de conclusão em abril de 2022.

ARTES/JC
RODOVIAS PEDAGIADAS 3 - WEB - ARTES/JC

A ação, que integra o Programa Caminhos de Pernambuco, visa recuperar a estrutura original das pontes para garantir mais segurança e conforto aos usuários. O prazo para conclusão dos trabalhos é abril de 2022.

ARTES/JC
RODOVIAS PEDAGIADAS 2 - WEB - ARTES/JC

QUESTIONAMENTOS

Confira, abaixo, o documento elaborado pela Associação Brasileira de Engenheiros Civis (Abenc) no qual é questionada a ausência de um plano de manutenção e pavimentação de dezenas de quilômetros de rodovias localizadas no entorno das três PEs que serão concedidas à iniciativa privada. Assinado pelo engenheiro Stênio Cuentro, presidente da Abenc, o documento pontua ser necessária a inclusão de recuperação de cinco outras rodovias estaduais no pacote de concessões. O documento foi encaminhado ao governo de Pernambuco:

Sugestões Abenc Pedágio Rodovias PE by Roberta Soares on Scribd

Comentários

Últimas notícias