COLUNA MOBILIDADE

Máscaras continuam sendo obrigatórias no Uber e táxis de Pernambuco? Veja o que vale a partir de agora

Governo do Estado anunciou as mudanças nesta terça-feira (19) e as novas regras passam a valer a partir desta quarta (20)

Roberta Soares
Cadastrado por
Roberta Soares
Publicado em 19/04/2022 às 14:42 | Atualizado em 19/04/2022 às 18:00
FELIPE RIBEIRO/ JC IMAGEM
Aplicativos e táxis receberam um tratamento diferenciado pelo Estado. No transporte público, uso de máscaras segue valendo - FOTO: FELIPE RIBEIRO/ JC IMAGEM
Leitura:

As máscaras contra a covid-19 não serão mais obrigatórias nos aplicativos de transporte privado de passageiros, como Uber e 99, e nos táxis de Pernambuco. O uso, segundo o governo do Estado, será apenas recomendável.

A liberação segue a mesma lógica do uso nos ambientes fechados, anunciado nesta terça-feira (19/4) pelo governo de Pernambuco. A medida passa a valer a partir desta quarta-feira (20).

O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara. O embasamento. O fim da obrigatoriedade foi embasado nos números da semana epidemiológica 15, encerrada no último sábado (16), que teria confirmado a queda de todos os indicadores da pandemia.

TRANSPORTE PÚBLICO

O uso de máscaras, entretanto, segue valendo no transporte público. Isso significa que o equipamento continua obrigatório nos ônibus e metrô da Região Metropolitana do Recife e de todo o Estado.

Ou seja, no transporte público metropolitano e também no intermunicipal, sistema que conecta a capital com os municípios da Zona da Mata, Agreste e Sertão pernambucanos.

Os terminais integrados, entretanto, terão o uso obrigatório liberado. O Grande Recife tem 26 TIs, por onde circulam, em média, 70% dos passageiros do sistema.

FELIPE RIBEIRO/ JC IMAGEM
Governo de Pernambuco liberou a obrigatoriedade nos apps e táxis, mas diz que uso ainda é recomendável - FELIPE RIBEIRO/ JC IMAGEM

Onde a máscara segue obrigatória em Pernambuco:

Transporte público (como ônibus e metrô)

Locais destinados à prestação de serviços de saúde, como hospitais, laboratórios e consultório
Escolas

* Nos Terminais Integrados o uso será liberado

Comentários

Últimas notícias