Opinião

Bolsonaro insiste na teimosia de tentar reformar o Marco Civil da Internet. Algum motivo tem

O novo projeto visa a garantir a permanência de notícias falsas nas redes sociais, dificultando sua remoção

Romoaldo de Souza
Romoaldo de Souza
Publicado em 21/09/2021 às 7:00
Análise
Isac Nóbrega/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro - FOTO: Isac Nóbrega/PR
Leitura:

O Congresso Nacional tem em mãos um Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo que é a síntese do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Após uma semana de ser duplamente derrotado pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), Bolsonaro insiste na teimosia de tentar reformar o Marco Civil da Internet, lei que passou sete anos sendo debatida por deputados e senadores.

O novo projeto visa a garantir a permanência de notícias falsas nas redes sociais, dificultando sua remoção. “Tudo indica que o presidente [Jair] Bolsonaro tenha chegado à conclusão de que, sem fake news, ele não conseguirá manter sua base mobilizada e muito menos se reeleger”, avalia o deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), relator do Marco Civil da Internet.

O lado bom dessa história toda é que, desta vez, o Planalto encaminhou um Projeto de Lei que ao contrário da Medida Provisória, só entrar em vigor após a aprovação. Só assim os parlamentares terão mais tempo para analisar os impactos dessa medida.

Mas é sempre importante salientar. O Marco Civil da Internet é referência mundial quando o tema é comportamento de redes sociais e combate a notícias falsas, e algum motivo o presidente tem para não estar satisfeito.

Pense nisso!

Comentários

Últimas notícias