COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Pessoas se aglomeram no primeiro dia de flexibilização em Caruaru; ruas ficam lotadas

No Centro de Caruaru, comerciantes vendiam seus itens em carros com porta-malas aberto

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 13/07/2020 às 23:34
Notícia
WESLEY SANTOS/TV JORNAL INTERIOR
Em Caruaru, comerciantes negociam nas ruas da cidade, sem respeitar as regras de distanciamento social - FOTO: WESLEY SANTOS/TV JORNAL INTERIOR
Leitura:

O primeiro dia de reabertura do comércio varejista de rua em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi marcado, nesta segunda-feira (13), por aglomerações nas proximidades do local onde fica a Feira da Sulanca, no Parque 18 de Maio, proibida atualmente de funcionar na cidade. O esperado era que os sulanqueiros continuassem vendendo os produtos pelas redes sociais e entregando as mercadorias por meio da plataforma Delivery Sulanca, sempre às segundas-feiras, das 5h às 17h, no estacionamento do Polo Caruaru, seguindo todos os protocolos de higiene e segurança. Mas não foi isso que se viu.

Em ruas do Centro da cidade, alguns comerciantes vendiam seus itens em carros com porta-malas aberto. Além disso, nos trechos próximos ao local da feira, havia um grande fluxo de pessoas.

Esse é o comportamento que vai de encontro a medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias para combater novas infecções pelo novo coronavírus. A retomada do funcionamento do comércio em Caruaru só foi liberada porque a cidade conseguiu controlar indicadores (número de casos, mortes e internações) durante o período de isolamento rígido, cumprido de 26 de junho a 5 de julho. Mesmo na fase de reabertura da economia, se a curva epidêmica voltar a subir, será possível retornar ao confinamento rigoroso não só em Caruaru, mas também em qualquer parte do Estado, segundo frisa o Plano de Convivência com a Covid-19 de Pernambuco.

“Temos cerca de 10 mil feirantes cadastrados para atuar na Feira da Sulanca. A maioria tem respeitado as regras, continuando a operar exclusivamente com delivery e coleta. Mas um pequeno grupo, que não fez cadastro na plataforma, tenta burlar as recomendações e comercializa de qualquer forma, a todo o tempo”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Economia Criativa de Caruaru, André Teixeira. Ele destacou que, para a próxima segunda-feira, serão colocadas em prática outras ações para evitar as aglomerações.

“Estamos refazendo a estratégia para que, na semana que vem, a fiscalização seja mais intensa do que foi hoje. A questão também é que, com a reabertura das lojas próximas ao Parque 18 de Maio, muitas pessoas voltaram a circular pelas ruas. Várias delas são de outros municípios e vêm à cidade apenas na segunda por causa da Sulanca. Então, imaginamos que amanhã (terça-feira, dia 14) não teremos maiores problemas com o fluxo de pessoas”, acrescentou André Teixeira.

As ações de fiscalização são comandadas pelas Secretarias de Ordem Pública, da Fazenda e Serviços Públicos, Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes, Guarda Municipal, Vigilância Sanitária e por outro[TEXTO]s órgãos municipais. Atualmente a cidade de Caruaru totaliza 3.071 pessoas que já foram infectadas pelo novo coronavírus e 186 mortes. Além disso, 2.570 pacientes estão recuperados da doença.

No Sertão 

Enquanto Caruaru vive o clima de reabertura do comércio, a cidade de Petrolina, no Sertão, retorna ao isolamento rígido, após a gestão municipal perceber que o número de casos de covid-19 voltou a subir no município. Nesta segunda-feira (!3), primeiro dia da volta ao confinamento, equipes da Prefeitura de Petrolina circularam por mais de dez bairros e, durante a ronda, notificaram cinco estabelecimentos, fecharam outros três e interromperam uma partida de vôlei, com recolhimento da bola e da rede.

A ação contou com a Guarda Civil Municipal e as equipes de Disciplinamento Urbano e da Agência Municipal de Vigilância Sanitária. Na Orla de Petrolina, quatro guarnições foram instaladas para garantir a não utilização do espaço, que foi interditado no domingo (12).

Em Petrolina, 1.588 casos de covid-19 já foram confirmados. Desse total, 942 pessoas continuam infectadas, outras 609 se recuperaram e 37 morreram.

Confira os casos da covid-19 em Pernambuco por município:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias