COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Coronavírus: principal hospital do Agreste, em Caruaru, tem 100% dos leitos de UTI ocupados

Ao todo, são 56 leitos de UTI no Hospital Mestre Vitalino (HMV). Quarentena mais rígida começa, nesta sexta-feira (26), em Caruaru e em Bezerros

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 26/06/2020 às 17:22
Notícia
MIVA FILHO/SES
Hospital de Campanha, localizado no pátio do Hopsital Mestre Vitalino (HMV), iniciou a ativação de leitos na última semana - FOTO: MIVA FILHO/SES
Leitura:

O Hospital Mestre Vitalino (HMV), em Caruaru, Agreste de Pernambuco, é um retrato da pressão que a covid-19 faz na assistência à saúde da região. Com pacientes internados que residem em vários municípios, o HMV chega, nesta sexta-feira (26), a 100% das vagas de unidade de terapia intensiva (UTI) voltada a casos suspeitos e confirmados da covid-19 ocupadas. Ao todo, são 56 leitos desse tipo.

Na quinta-feira (25), o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, visitou as instalações da unidade. “Há mais 18 leitos no Hospital Regional do Agreste, que também está com ocupação elevada. Estamos preocupados em conter o surgimento de novos casos graves (na região)”, frisou o secretário, em entrevista à TV Jornal Caruaru

A passagem de Longo pelo HMV ocorreu na véspera da implementação, em Caruaru e Bezerros, da Operação Quarentena – medida decretada pelo governo de Pernambuco para restringir o funcionamento das atividades econômicas em ambos os municípios. A partir desta sexta-feira (26), a população das duas cidades só poderá sair de casa para ir a supermercados, farmácias, padarias, postos de gasolina e serviços de saúde. A determinação vai até 5 de julho. “Caruaru e Bezerros foram escolhidos pelo aumento de casos, mas é preciso entender que todo o Agreste deve colaborar. Se o cenário não mudar, poderemos adotar outras medidas, inclusive para demais municípios da região”, disse Longo.

Atualmente Caruaru tem 1.805 casos de covid-19 confirmados. Desses, 411 apresentaram quadro grave da doença, que exige geralmente internamento em leito de enfermaria ou UTI. Na cidade, 117 pessoas faleceram. Já em Bezerros, 336 pessoas já foram infectadas. Entre elas, 61 tiveram a forma grave do novo coronavírus. O município totaliza 16 mortes. Outras localidades do Agreste, embora não tenham entrado na quarentena rígida, também têm dados expressivos. Em Gravatá, são 185 casos de covid-19 confirmados, sendo 84 graves e 27 óbitos (quatro deles no HMV). O total de casos com gravidade em Cachoeirinha também desperta atenção: 56 ao todo, com cinco mortes.

Em Caruaru e em Bezerros, o índice de isolamento social está baixo: 48% e 41%, respectivamente. São percentuais menores do que no Recife (50%), que está está em processo de flexibilização das atividades. “Queremos que o índice de isolamento social atinja um patamar superior a 60% nesta região (do Agreste). Precisamos trabalhar para fazer desses dez dias o melhor trabalho conjunto possível, com nossas forças de fiscalização, conscientizando a população de que esse período poderá ser fundamental para mudar o panorama da doença no Agreste”, destacou Longo.

A Secretaria de Defesa Social informou que a fiscalização das restrições durante a Operação Quarentena em Caruaru e Bezerros contará com o trabalho diário de 274 policiais militares, 64 policiais civis e 30 bombeiros militares. O policiamento está reforçado nas zonas comerciais, feiras, vias de acesso e áreas rurais.

Na noite da quinta-feira (25), em pronunciamento sobre o endurecimento das ações de isolamento social em Caruaru, a prefeita Raquel Lyra disse que, até aquele momento, não sabia “como vai funcionar ao certo (a Operação Quarentena)”. Ela ainda salientou que a postura do governo do Estado causou estranhamento. “Hoje (ontem) o secretário Estadual de Saúde esteve em Caruaru, e soubemos pela imprensa. Não parece a postura de alguém que quer somar esforços.”

Em resposta, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que “a visita teve o objetivo de conferir o funcionamento do atendimento em uma unidade pública estadual, discutindo fluxos e abertura de novos leitos. O secretário não teve nenhuma outra agenda na cidade”, disse, em nota, a SES.

Confira os casos de covid-19 em Pernambuco por município:

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias