COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Covid-19: cerca de 44 mil pessoas finalizaram o esquema de vacinação em Pernambuco até esta terça-feira

Esse grupo já tomou as duas doses do imunizante, segundo balanço divulgado pela SES

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 16/02/2021 às 20:18
Notícia

FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Em relação à segunda dose, foram beneficiados 28.265 trabalhadores de saúde - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

Em Pernambuco, 43.804 pessoas finalizaram o esquema de vacinação contra covid-19, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (16) pela Secretaria Estadual de Saúde. Ou seja, esse grupo já tomou as duas doses do imunizante. Entre eles, estão 28.265 trabalhadores de saúde, 13.316 povos indígenas aldeados, 2.123 idosos institucionalizados e 100 pessoas com deficiência que estão institucionalizadas.

Ao todo, desde o início da campanha de vacinação contra o novo coronavírus, em 18 de janeiro, Pernambuco aplicou 272.864 doses contra a covid-19, das quais 229.060 foram primeiras doses. Ao todo, foi feita a aplicação inicial em 129.396 trabalhadores de saúde, 23.656 povos indígenas aldeados, 5.477 idosos em instituições de longa permanência, 69.806 pessoas a partir dos 85 anos, além de 725 pessoas com deficiência que estão institucionalizadas.

Números da pandemia  

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou, nesta terça-feira (16), 1.582 casos da covid-19. Entre eles, 62 (4%) são casos de síndrome respiratória aguda grave (srag) e 1.520 (96%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 282.913 casos confirmados da doença, sendo 31.858 graves e 251.055 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 243.347 pacientes recuperados da doença. Destes, 19.439 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 223.908 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente, nesta terça-feira (16), 34 novos óbitos (20 masculinos e 14 femininos), ocorridos entre os dias 26/10/2020 e 15/02/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Araripina (1), Belém de São Francisco (1), Bodocó (1), Caruaru (1), Exu (2), Flores (1), Floresta (1), Garanhuns (1), Igarassu (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Mirandiba (1), Olinda (6), Parnamirim(1), Petrolândia (1), Recife (10), São Lourenço da Mata (1), Serra Talhada (1), Trindade (1) e Vitória de Santo Antão (1). Com isso, o Estado totaliza 10.711 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 32 e 101 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (1), 50 a 59 (4), 60 a 69 (7), 70 a 79 (9) e 80 ou mais (12). Do total, 25 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (15), diabetes (10), hipertensão (7), obesidade (4), doença renal (2), câncer (2), tabagismo (2), doença hepática (1), doença de Alzheimer (1) e histórico de AVC (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 26.114 casos foram confirmados e 45.995 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

Comentários

Últimas notícias