PANDEMIA

Pernambuco confirma novos 1.358 casos de covid-19 e mais 24 mortes causadas pela doença nesta sexta-feira (19)

O número de pessoas vacinadas no Estado contra a covid-19 já ultrapassa o número de infectados pelo novo coronavírus

Danielle Santana
Cadastrado por
Danielle Santana
Publicado em 19/02/2021 às 12:49 | Atualizado em 19/02/2021 às 13:46
RODRIGO NUNES/MS
O Estado já confirmou 288.424 casos da doença, sendo 32.010 graves e 256.414 leves - FOTO: RODRIGO NUNES/MS
Leitura:

Após registrar o maior número de novos casos confirmados de covid-19 de 2021, Pernambuco confirmou nesta sexta-feira (19) 1.358 novos casos de covid-19. Até agora, o Estado já confirmou 288.424 casos da doença, sendo 32.010 graves e 256.414 leves. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o número de pessoas vacinadas contra a covid-19 em Pernambuco já ultrapassa o número de infectados pelo novo coronavírus. Na quinta-feira (18), o Estado atingiu a marca de 300 mil doses aplicadas

Ainda segundo a SES-PE, 50 (3,7%) dos casos confirmados nesta sexta são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que demandam atendimento e internação hospitalar, enquanto os outros 1.308 (96,3%) foram considerados leves. Pernambuco, levando em consideração os dados dos últimos sete dias, vem confirmando em média 1.513 casos por dia. No Estado, a média móvel apresenta alta de 14%, mas segue em estabilidade.

Mortes

A SES-PE também registrou novas 24 mortes em decorrência da doença no Estado. De acordo com a pasta, elas ocorreram entre os dias 09 de agosto de 2020 e 18 de fevereiro. Até agora, Pernambuco já perdeu 10.804 vidas para a doença.

O Estado tem confirmado em média 26 mortes por dia, o que indica uma alta de 23% nos registros de 14 dias atrás. Como a variação é maior do que 15%, o Estado está apresentando tendência de alta no registro de óbitos. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Média móvel

O indicador é calculado pela soma de registros da última semana dividido por sete. É considerada tendência de alta ou queda quando a variação é superior a 15%, para baixo ou para cima. Esta é a maneira mais eficaz de medir o avanço da pandemia.

Nesta sexta, a média móvel de casos está em 1.513 e apresenta variação de 14% quando comparado ao número de duas semanas atrás. Já a média móvel de óbitos está em 26, um aumento de 23% quando comparada à de 14 dias atrás.

Comentários

Últimas notícias