COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Vacina contra covid-19: Pernambuco estima receber mais 400 mil doses ainda em fevereiro

Anúncio foi feito, em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (17)

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 17/02/2021 às 17:33
Notícia

MIVA FILHO/SES
Programa de Imunização de Pernambuco aguarda novas doses de vacina contra a covid-19 - FOTO: MIVA FILHO/SES
Leitura:

Em coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (17), o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, informou que o Estado estima receber, até o dia 28 deste mês, mais 400 mil doses de vacinas contra a covid-19, sendo 320 mil doses da CoronaVac e 80 mil doses da Oxford/AstraZeneca. O anúncio foi feito logo após o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, ter apresentado, em reunião virtual com governadores, o cronograma de entregas, a quantidade de imunizantes e os contratos para compra de mais vacinas. O ministro destacou que, do fim deste mês de fevereiro até julho, serão distribuídas aos Estados mais de 230,7 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, que garantem a continuidade da vacinação da população brasileira de forma igualitária e gratuita. 

Leia também: Veja o cronograma do Ministério da Saúde para entregar 230,7 milhões de doses de vacinas contra covid-19

"Temos a perspectiva (Brasil) de contar com 10,2 milhões de doses até o dia 28 de fevereiro, o que deverá fazer com que haja uma aceleração do nosso plano de imunização", disse Longo. Ele acrescentou que Pernambuco deve receber 4,5% desse quantitativo, como tem acontecido em lotes anteriores. "Dessa maneira, devemos esperar 400 mil doses, sendo 320 mil da CoronaVac e 80 mil da AstraZeneca/Oxford. A expectativa que temos é estar com tudo pronto para, tão logo haja entrega dessas vacinas (pelo Ministério da Saúde), possamos distribuir (as doses) aos municípios pernambucanos."  

Assim como ocorreu em outras etapas de recebimento das doses, a estratégia de distribuição e de uso das novas vacinas, que devem chegar ao Estado ainda este mês, será pactuada com o Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19 e com a Comissão Intergestores Bipartite (CIB). Esse alinhamento tem garantido às gestões municipais o recebimento, de forma equânime, do quantitativo para a aplicação no público prioritário em cada uma das cidades.

Para o mês de março, o Ministério da Saúde informou que aguarda a chegada de 18 milhões de doses da vacina do Butantan e mais 16,9 milhões da vacina da AstraZeneca.


 

Comentários

Últimas notícias