COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Covid-19: com 100% dos leitos ocupados, direção de hospital do Cabo de Santo Agostinho alerta: "casos estão aumentando muito rápido"

Hospital está sem vagas de internação para pacientes com quadros graves de covid-19

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 23/05/2021 às 16:41
DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DO CABO DE SANTO AGOSTINHO
O Hospital Mendo Sampaio passou por ampliação, no número de leitos de UTI covid, em março - FOTO: DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DO CABO DE SANTO AGOSTINHO
Leitura:

O Hospital Mendo Sampaio (HMS), no Distrito Industrial Diper, no Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife, alcança 100% de taxa de ocupação dos leitos de internação com ventilação mecânica destinados aos casos suspeitos e confirmados da covid-19. Em março, quando se constatou a aceleração da curva epidêmica no novo coronavírus em Pernambuco, o Mendo Sampaio ampliou a capacidade: saiu de 10 para 24 vagas dedicadas ao tratamento dos casos graves. Ainda assim, esse aumento de leitos, que exigiu ampliação no número de profissionais (enfermeiros, médicos e técnicos de enfermagem), não tem sido o suficiente para dar assistência aos pacientes. 

"Neste momento, garantimos assistência aos pacientes já internados, limitando a atendimento a novos pacientes de covid-19 que demandem internação, seja na ala covid ou enfermaria. Vale salientar que o plantão está restrito, devido (ao fato de) outras unidades próximas que pertencem ao Estado estarem com plantão fechado, aumentando a nossa demanda", explica nota assinada pelo diretor-médico do HMS, Paulo Carvalho.

Ele ainda destaca que, quando superado esse período, após transferências já reguladas para UTIs dos pacientes, o Mendes Sampaio retornará à normalidade. "As informações serão atualizadas em nossos meios institucionais a cada nova mudança de cenário, reforçando o nosso compromisso com a população cabense."

A nota ainda reforça a adoção de medidas de proteção. "Enfatizamos as orientações quanto ao uso de máscara e o distanciamento social, visto que os casos estão aumentando muito rápido", finaliza. 

Comentários

Últimas notícias