BOLETIM

Pernambuco tem primeira queda na média móvel de mortes por covid-19 após 35 dias

Agora, o indicativo - considerado o melhor para medir o comportamento de uma pandemia - está em 60, uma diferença de -20% em relação ao de 14 dias atrás

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 21/06/2021 às 12:41
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
A última vez que o Estado teve uma variação negativa em relação aos óbitos foi em 17 de maio - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Com mais 27 óbitos confirmados nesta segunda-feira (21), Pernambuco apresentou pela primeira vez em 35 dias uma queda na média móvel de mortes pela covid-19. Agora, o indicativo - considerado o melhor para medir o comportamento de uma pandemia - está em 60, uma diferença de -20% em relação ao de 14 dias atrás. A última vez que o Estado teve uma variação negativa em números com relação aos óbitos foi em 17 de maio.

Desde então, a média móvel oscilou entre a estabilidade e a alta. O indicativo contabiliza a média dos últimos sete dias (contando com hoje) e compara com 14 dias atrás. Variações acima de 15%, seja para mais ou menos, indicam tendência de alta ou queda, respectivamente. Já abaixo disso, indica estabilidade.

Os óbitos que tiveram a causa confirmada como covid-19 nesta segunda ocorreram entre 17 de abril de 2021 e 20 de junho de 2021 (último domingo). Com isso, o Estado totaliza 17.281 mortes pela doença desde a chegada do novo coronavírus.

Também foram confirmados mais 805 casos de covid-19 no Estado. Entre eles, 73 (9%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 732 (91%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 537.476 casos confirmados da doença, sendo 48.608 graves e 488.868 leves.

Agora, a média móvel de casos está em 2.397, com uma variação de -2% em relação à média móvel de casos de 14 dias atrás, quando o indicador estava em 2.443. A tendência de estabilidade se repete há 10 dias.

Comentários

Últimas notícias