AVIAÇÃO

Recife terá voos essenciais para 11 destinos nacionais em maio

Hub da Azul responde por 10 rotas, enquanto Gol e Latam voam apenas para Guarulhos (SP). Frequências internacionais continuam suspensas. Média diária antes da pandemia era de cerca de 100 voos na capital pernambucana

Mona Lisa Dourado
Mona Lisa Dourado
Publicado em 17/04/2020 às 15:52
Notícia
Foto: Guga Matos/ Acervo JC Imagem
Malha aérea do País chegou a ser reduzida em 92% por causa da pandemia do novo coronavírus - FOTO: Foto: Guga Matos/ Acervo JC Imagem
Leitura:

POR MONA LISA DOURADO, DA COLUNA TURISMO DE VALOR

Recife terá voos para 11 destinos no mês de maio dentro da malha aérea essencial mantida pelas companhias aéreas para garantir o transporte de cargas, como equipamentos e medicamentos voltados ao combate do novo coronavírus, e de pessoas com necessidades urgentes de viagens.

>> Aeroporto de Fernando de Noronha será fechado para turistas após caso suspeito na ilha

>> Coronavírus deve acelerar mudanças na vida e no turismo de Fernando de Noronha

>> Só daqui a um ano consumidor vai receber reembolso total de ingresso, diária de hotel e pacote de turismo cancelados por causa do coronavírus

Pela Azul, que mantém um hub na cidade, estão confirmadas frequências para Campinas (SP), Brasília, Petrolina, Fernando de Noronha, Manaus, Belém, Fortaleza, Salvador, Juazeiro do Norte e São Luís. A malha pode ser conferida neste link: www.voeazul.com.br/malhadaazul . 

Já pela Latam, o único destino disponível é São Paulo (Guarulhos) em dias e horários alternados. Para saber a a programação de todos os voos no País, é preciso acessar  o endereço www.latam.com/pt_br/experiencia/coronavirus/programacao_de_voos_br

A Gol ainda não atualizou a malha para o próximo mês, mas pelo menos até o dia 3 de maio oferece um voo diário também para São Paulo, com partida às 15h10. No sentido inverso, São Paulo-Recife, o voo sai às 11h20. Via nota, a companhia destaca que desde março atua com 50 voos diários, com conexão entre as capitais pelo aeroporto internacional de Guarulhos (SP). "Caso tenha uma melhora na demanda, a companhia estará pronta para retomar mais frequências a partir de maio", diz o comunicado. Mais detalhes: www.voegol.com.br/PT/informacoes/voos-gol.  

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Malha essencial atende quem precisa viajar com urgência - ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

VOOS INTERNACIONAIS 

No caso dos voos internacionais, estão todos suspensos a partir do Recife.

A Azul, no entanto, manterá três voos para o exterior por semana com direção à Europa e Estados Unidos partindo do hub de Viracopos, em Campinas (SP).

>> Nada será como antes do coronavírus no turismo

Lisboa e Orlando (EUA) terão uma frequência semanal entre abril e maio. O voo para a capital portuguesa chega a fazer um escala técnica no Recife, mas não estão permitidos embarques nem desembarques. 

A outra base da Azul nos Estados Unidos, Fort Lauderdale, recebe um voo por semana em abril, mas, a partir de maio, terá duas frequências semanais.

Reprodução Azul Linhas
. - Reprodução Azul Linhas

Reprodução Azul Linhas
Plano de voos internacionais Azul em maio - Reprodução Azul Linhas


A Latam também planeja operar três frequências semanais, entre São Paulo e Miami e seis frequências semanais entre Santiago e Miami.

O Grupo Latam Airlines e suas subsidiárias anunciaram que irão manter a redução de suas operações de passageiros em 95% durante maio de 2020.



"Um mês e meio desde que diversos atores da indústria nos alertaram para a maior crise que o setor sofreu, hoje podemos observar que os impactos são mais profundos e que serão mais duradouros do que o inicialmente previsto", disse, via nota à Imprensa, o CEO do Grupo LATAM Airlines, Roberto Alvo. "Diante desse cenário adverso, é inevitável que o Grupo e suas subsidiárias redimensionem seu tamanho e a forma como operam", afirmou Alvo.

A companhia salienta que avaliará o reinício dos voos nos países onde estão presentes na medida em que as permissões de operação existam e que se justifique a demanda.

Segundo a empresa, "as alterações de itinerários para maio serão processadas a partir da próxima semana e os clientes serão comunicados oportunamente".

MALHA DE ABRIL

Em abril, a redução total de ligações aéreas no Brasil comparado à prevista originalmente para o período foi de 91,6%. O número de voos semanais passou de 14.781 para 1.241. Na capital pernambucana, a redução foi de uma média de 100 voos diários para cerca de seis.

PROTOCOLOS DE HIGIENIZAÇÃO

A Azul ainda diz que, além dos protocolos diários de limpeza das aeronaves, reforçou a higienização dos aviões a cada voo e à noite, orientando também os tripulantes para todas as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde. Os filtros HEPA (High Efficiency Particulate Air) também renovam o ar de toda aeronave a cada três minutos e conseguem extrair até 99,999% dos vírus existentes, extinguindo até mesmo os menores, incluindo o novo coronavírus, informa a companhia.

LEIA MAIS CONTEÚDO DA COLUNA TURISMO DE VALOR

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Malha essencial atende quem precisa viajar com urgência - FOTO:ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Reprodução Azul Linhas Aéreas
Plano de voos internacionais Azul em maio - FOTO:Reprodução Azul Linhas Aéreas
Reprodução Azul Linhas  Aéreas
Plano de voos internacionais Azul em maio - FOTO:Reprodução Azul Linhas Aéreas

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias