RETOMADA

Fernando de Noronha pode voltar a receber turistas a partir de 1º de setembro

O turismo na ilha está suspenso desde o dia 21 de março, quando o aeroporto foi fechado

Mona Lisa Dourado Carolina Fonsêca
Mona Lisa Dourado
Carolina Fonsêca
Publicado em 25/08/2020 às 19:47
Notícia
Thais Moura/Love and Travel/DIVULGAÇÃO
Fernando de Noronha registra novo caso de coronavírus - FOTO: Thais Moura/Love and Travel/DIVULGAÇÃO
Leitura:

O arquipélago de Fernando de Noronha pode voltar a receber turistas a partir do dia 1º de setembro, segundo o Conselho Distrital da ilha. O governo de Pernambuco, no entanto, afirma que ainda não há nada definido oficialmente. Os moradores de Noronha estão recebendo no WhatsApp comunicados que indicam a reabertura nesta data. O aviso também aponta que apenas turistas que já tiveram a covid-19 poderão entrar. O turismo na ilha está suspenso desde o dia 21 de março, quando o aeroporto foi fechado. 

Um dos comunicados que circulam no WhatsApp é assinado por Aílton Júnior, conselheiro distrital. "Recebi a informação do administrador e que será anunciado amanhã (quarta-feira, 26) é que a partir de 1º de setembro a ilha reabrirá. Nesse primeiro momento serão autorizados os clientes que já contraíram a covid 19. Em seguida serão anunciados os demais passos e protocolos", escreveu. 

O Jornal do Commercio entrou em contato com o conselheiro distrital e confirmou a veracidade da mensagem. Ele acrescentou, ainda, que a mensagem foi enviada na tarde desta terça-feira (25). 

Além da mensagem assinada por Aílton, circula também um comunicado creditado a Milton Luna, presidente do Conselho Distrital. No texto, Luna afirma que esteve reunido com Guilherme Rocha, administrador da Ilha. "Estive reunido hoje (terça-feira, 25) pela manhã com o administrador Guilherme Rocha, onde tratamos de diversos assuntos, inclusive do item que trata dos estabelecimentos que se encontram para regularização, o mesmo me tranquilizou que será dada a oportunidade para todos se enquadrarem nos requisitos legais", escreveu.

Na mesma mensagem, Luna informa que a reabertura será apenas para turistas que já tiveram a covid-19 e, em tese, estão imunes à doença. A retomada das atividades de turismo no arquipélago deverá obedecer aos protocolos de higiene e distanciamento social. O JC também tentou contato com Milton, mas ele não atendeu a ligação nem retornou o contato. Em contrapartida, Aílton Júnior e Dora Martins, presidente do Conselho de Turismo (Contur) de Noronha, confirmaram a origem da mensagem. 

Governo de Pernambuco 

Por meio da assessoria de comunicação, o governo de Pernambuco afirmou que ainda não recebeu nenhuma comunicação oficial do administrador da Ilha, Guilherme Rocha, e que não há confirmação sobre a data de retomada do turismo. A assessoria destacou, ainda, tratar-se de "um burburinho de WhatsApp", ressaltando que o anúncio deve ser feito em coletiva de imprensa do governo do Estado. A próxima está marcada para esta quinta-feira (27). 

Refeno

Apesar das incertezas relacionadas à reabertura da ilha e à retomada das atividades turísticas em meio à pandemia do novo coronavírus, a tradicional Regata Recife-Fernando de Noronha 2020 (Refeno) foi confirmada. A largada da 32ª edição será no dia 10 de outubro, um sábado. A Refeno parte do Marco Zero, no Recife, e segue uma travessia de 300 milhas náuticas, o equivalente a 560 quilômetros, até o Mirante do Boldró, na ilha.

A decisão pela data foi tomada após reunião e acordo entre o Cabanga Iate Clube de Pernambuco, organizador da competição, o Governo do Estado e a Administração de Fernando de Noronha. Para que a edição aconteça, será preciso seguir todas as recomendações das autoridades sanitárias. Os velejadores participantes terão que realizar o teste para a covid-19 e ter resultado negativo. Além disso, será publicado um protocolo sanitário. 

Já dá para comprar passagens para Fernando de Noronha?

Mesmo com a expectativa para a retomada do turismo na ilha em setembro, ainda não é possível encontrar passagens disponíveis para viajar até o local. A reportagem procurou uma agência de viagens do Recife e solicitou cotação de passagens para o arquipélago com datas a partir de 1º de setembro, dia previsto para a reabertura. A empresária e agente de viagens Isis Oliveira informou que não há passagens disponíveis e acrescentou, ainda, que há clientes com bilhetes remarcados e voos cancelados para o destino. "Temos clientes que deveriam viajar para Noronha no fim do mês de setembro e tiveram os voos cancelados. Remarcamos para outubro e a companhia já cancelou novamente. Estamos remarcando para dezembro, na expectativa que funcione", disse. 

Antes da pandemia, Azul e Gol mantinham voos regulares para a ilha. Por meio da assessoria de imprensa, a Azul disse que ainda não foi informada sobre a data de reabertura do turismo em Fernando de Noronha e que planejará o retorno gradual dos voos assim que receber o comunicado oficial. A partir de então, seriam necessários pelo menos 15 dias para o restabelecimento da rota. Por enquanto, a companhia mantém apenas um voo para a ilha, aos sábados, para transportar suprimentos, moradores e trabalhadores com autorização de entrada. 

Também via assessoria de imprensa, a Gol informou que "até o momento não tem voos programados para a Ilha de Fernando de Noronha".

Comentários

Últimas notícias