TOCANTINS

As melhores agências para explorar o Jalapão

O Parque Estadual do Jalapão conta com diversas boas empresas para conduzir os turistas

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 07/04/2021 às 9:40
Notícia
Cerrado Dourado Expedições / Divulgação
As agências levam turistas de todo o mundo para conhecer os famosos fervedouros - FOTO: Cerrado Dourado Expedições / Divulgação
Leitura:

Possível, mas definitivamente não recomendado. Isto é o que se pode avisar para quem quiser arriscar conhecer o Parque Estadual do Jalapão, no Tocantins, por conta própria. A razão se deve à grandiosidade da área e principalmente aos precários acessos por longas estradas de terra cheias de buracos. A falta de sinalização e a inexistência de sinal de celular em muitas áreas também dificultam bastante a vida do turista que quiser se aventurar sozinho na região. É comum se deparar no caminho com carros atolados ou perdidos (O JC visitou o local antes da pandemia).

Por isso, o recomendado (e mais seguro) é mesmo fechar um pacote para conhecer o Jalapão com alguma agência. Os valores variam muito com o roteiro, a quantidade de dias, locais onde se hospedar, etc. As sedes das empresas ficam na capital Palmas de onde partem os passeios. Existem diversas que operam na região há um bom tempo. Uma das mais antigas é a Korubo que oferece o passeio no estilo de safári. Outras que aparecem no ranking das recomendadas pelos visitantes são as Jalapão 100 Limites, Jalapão Extremo e Jalapão Selvagem.

Mas uma das principais e melhores avaliadas é a Cerrado Dourado que completou 5 anos mês passado. Ela aparece nas primeiras colocações das avaliações do Trip Advisor em várias categorias e recebeu o selo de Traveller's Choice do site no ano passado. Por isso foi a escolhida pela Coluna Turismo de Valor para explorar o Jalapão. 

"As pessoas sempre procuram se informar quais são as agências que atendem melhor então é muito importante ser bem avaliado. Na era digital meios como o Trip Advisor e as redes sociais são o melhor boca a boca. E isso é importante pro turista também porque nesses locais ele vê relatos reais de pessoas reais. Lá eles falam se foi uma experiência positiva ou negativa e nos ajudam sempre a melhorar o serviço", afirmou o proprietário da Cerrado Dourado, Diego Battisttella. 

Comentários

Últimas da Coluna

Últimas notícias