PORTO DE GALINHAS

Como acompanhar o nascimento de tartarugas marinhas em Porto de Galinhas

O trabalho é desenvolvido pela ONG Ecoassociados que desde 1998 cuida dos animais na área.

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 19/06/2021 às 8:30
Notícia
Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention / Divulgação
Para acompanhar o nascimento das tartarugas marinhas basta entrar em contato com a ONG Ecoassociados - FOTO: Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention / Divulgação
Leitura:

Entre as inúmeras atividades que podem ser feitas em Porto de Galinhas, em Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco, umas das mais especiais e simbólicas é acompanhar o nascimento das tartarugas marinhas nas praias, dependendo da época do ano. A ação geralmente realizada logo cedo pelas manhãs, por volta das 5h, é coordenada pela ONG Ecoassociados, que desde 1998 atua na área.

A Ecoassociados é uma organização sem fins lucrativos que realiza ações essenciais para a conservação de tartarugas marinhas, através de pesquisa, monitoramento, reabilitação e atividades de educação ambiental. A ONG monitora cerca de 30 km do litoral do município do Ipojuca, cujas praias são áreas de desova. Entre as as atividades desenvolvidas estão a marcação de fêmeas e o acompanhamento de ninhos até o nascimento dos filhotes.

Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention / Divulgação
As tartarugas marinhas são preservadas com o trabalho da ONG - Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention / Divulgação

Durante os meses de outubro a maio, as praias se tornam o berçário para milhares de tartaruguinhas marinhas. São protegidos cerca de 200 ninhos e milhares de filhotes de tartarugas todos os anos.

As praias de Porto de Galinhas são conhecidas como áreas de desova de tartaruga de pente, mas já foram registradas as espécies verde, cabeçuda e oliva com desovas mais esporádicas.

Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
No museu o visitante tem uma aula sobre tartarugas marinhas - Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem

Todas as espécies de tartarugas marinhas estão ameaçadas de extinção, incluídas na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) e na Lista Nacional das Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção, do Ministério do Meio Ambiente. Para conhecer mais sobre elas, além de acompanhar os nascimentos dos filhotes, que acontece em determinados períodos do ano (para acompanhar basta entrar em contato com a ONG), você pode visitar o Museu das Tartarugas Marinhas que fica aberto o ano inteiro.

O endereço é a Rua Caraúna, sem número, na praça 4 e é bem fácil de achar pois está bem sinalizado e tem uma escultura de ovo gigante logo na entrada. Lá tem visita guiada por monitores e exibição de peças de tartarugas. O museu é uma ferramenta de extrema importância na sensibilização e informação a respeito da conservação marinha.

Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Entrada da ONG Ecoassociados - Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem

"Nós começamos as nossas atividades aqui em 2014. No museu você pode conhecer um pouco mais sobre a vida das tartarugas marinhas e também do nosso trabalho em campo, o que a gente faz e como se portar quando encontrar o animal. Então quem vier a Porto de Galinhas se sinta convidado a conhecer nosso espaço. Cada visita contribui para a conservação das tartarugas e ajuda o nosso projeto a se manter", disse a voluntária Luana Rocha.

Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
No local é possível observar de longe algumas tartarugas marinhas - Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem

Para ajudar o projeto basta entrar em contato. O e-mail é o ecoassociados.projeto@gmail.com, os telefones são os (81) 3552.2465 | 99944.1465 e o perfil no Instagram é o @ecoassociados.

Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention / Divulgação
As tartarugas marinhas são preservadas com o trabalho da ONG - FOTO:Vinicius Lubambo / Porto de Galinhas Convention / Divulgação
Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Entrada da ONG Ecoassociados - FOTO:Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
No museu o visitante tem uma aula sobre tartarugas marinhas - FOTO:Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
No local é possível observar de longe algumas tartarugas marinhas - FOTO:Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem

Comentários

Últimas notícias