PORTO DE GALINHAS

O famoso "drone humano" da Praia de Maracaípe, paraíso no balneário de Porto de Galinhas

A criativa ideia do morador que virou parada obrigatória no coqueiral de Maracaípe

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 26/06/2021 às 8:31
Notícia
Arquivo pessoal / Divulgação
A coach Deolane paz tirou foto junto com a filha no famoso drone humano de Maracaípe. - FOTO: Arquivo pessoal / Divulgação
Leitura:

Você já ouviu falar em drone humano? Talvez não, mas se você passou pelos coqueirais de Maracaípe, no Litoral Sul de Pernambuco, com certeza sim. É que há quatro anos o então somente "apanhador de coco" Edilson Martins teve a brilhante ideia de em vez de subir em um apenas para pegar a fruta aproveitar o belo campo de visão para também fazer fotos do turistas. Pronto, assim surgiu conhecido drone humano de Maraca.

Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
O famoso drone humano de Maracaípe virou parada obrigatória para turistas - Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem

Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Edilson foi o inventor do drone humano no local - Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem

"Antes eu subia e descia no coqueiro apenas para mostrar como se apanhava o coco. Foi aí que um dia eu tive a ideia de lá em cima tirar a foto deles que estavam aqui embaixo. Aí eu montei o desenho de um coração com os cocos onde eu pedia pro buggy ficar estacionar. A foto ficou muito bonita e aí foi dando certo. O pessoal abraçou a ideia e até hoje é um sucesso, já virou cartão-postal de Maracaípe, graças a Deus", afirmou.

Hoje Edilson, quem diria, já conta com dois "funcionários". Um fica embaixo, recepciona os turistas, orienta onde o veículo deve ser parado e pega o celular para levar para o outro que fica lá em cima sentado em uma cadeira no topo do coqueiro e puxa o equipamento através de uma corda amarrada em uma bolsa. Dependendo do dia, é normal até existir filas de buggys para tirar foto no local. O serviço custa R$5.

Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Muitas vezes se formam filas para tirar foto no drone humano de Maracaípe - Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem

Sobre o nome do serviço, ele conta que isto não foi ideia dele. "Foram os próprios bugueiros que me batizaram. Eles começaram a chamar assim e ficou. Falavam pros turistas: bora lá parar no drone humano. Aí ficou isso mesmo", explicou Edilson, orgulhoso do nome e da forma criativa encontrada para ganhar um sustento e ainda por cima divulgar as belezas de Maracaípe.

Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Detalhe de drone humano de Maraca - Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem

A coach e palestrante Deolane Paz foi uma das centenas de turistas que se utilizaram e recomendam o serviço. "Eu achei uma ideia muito criativa e a foto fica bem bacana. Achei o pessoal muito simpático e com toda a paciência para tirar as fotos e deixar tudo bem legal. Já tem as posições certas que eles ensinam. Fora que é muito barato, então vale muito a pena", avaliou Deolane que tirou a foto junto com a filha Lara de 10 anos.  

 

 

Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
O famoso drone humano de Maracaípe virou parada obrigatória para turistas - FOTO:Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Edilson foi o inventor do drone humano no local - FOTO:Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Muitas vezes se formam filas para tirar foto no drone humano de Maracaípe - FOTO:Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Detalhe de drone humano de Maraca - FOTO:Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem

Comentários

Últimas notícias