Dicas e informações de viagens, férias e turismo
Turismo de Valor

Descubra dicas de viagem e roteiros para as férias, além dos destinos e atrações que estão em alta no turismo.

ÁSIA

Vietnã: Conheça a 'Aldeia do incenso' que ficou rosa com a aproximação do Ano Novo lunar

O tom de rosa brilhante foi obtido graças ao trabalho de artesãos que colocam milhares de palitos de incenso para serem queimados no Ano Novo lunar

AFP Leonardo Vasconcelos
Cadastrado por
AFP
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 12/01/2022 às 12:47
Nhac NGUYEN / AFP
A aldeia rosa de incensos está fazendo sucesso no Vietnã - FOTO: Nhac NGUYEN / AFP
Leitura:

Imagine se deparar com uma imensa aldeia rosa formada por incensos. A "aldeia do incenso" no Vietnã ganhou um tom de rosa brilhante graças ao trabalho de artesãos que colocam, bem alinhados, milhares de palitos de incenso destinados a serem queimados no Ano Novo lunar.

>> Segredo: Como conseguir achar a ''praia escondida'' formada pela explosão de uma bomba

Janeiro é o período mais ocupado do ano para os habitantes de Quang Phu Cau, nos arredores de Hanoi, onde essa atividade remonta a mais de um século, embora neste ano a festa esteja afetada pelas restrições vinculadas à pandemia.

Com a aproximação do feriado do Tet, o Ano Novo vietnamita que começa este ano em 1º de fevereiro, as vendas aumentam à medida que as pessoas chegam aos templos para acender um incenso durante o culto, ou queimar os palitos em casa.

>> Motel de palhaços: Você dormiria em um local assombrado com milhares de palhaços ao lado de cemitério? Veja no vídeo se teria coragem

Ocupados em tingir, secar e esculpir a casca de bambu para fabricar os palitos de incenso, os artesãos reclamam que as vendas não estão boas. Segundo Nguyen Thi Luyen, de 59 anos, "caíram 30% em comparação com o mesmo período do ano passado".

Em 2021, o Vietnã vivenciou seu menor crescimento econômico em 30 anos, de 2,58%, devido às restrições draconianas, incluindo um confinamento rígido de três meses, para lutar contra a propagação da covid-19.

"Normalmente, haveria caminhões transportando nossos produtos para as províncias centrais e fronteiriças. Neste ano, devido à política de prevenção da pandemia, os caminhões não podem transportar mercadorias", explica Nguyen Thi Luyen. Quang Phu Cau é uma das muitas cidades que produzem incenso, com aromas adaptados ao gosto específico de cada região do país.

A maioria das famílias locais participa deste comércio antigo, seja cortando bambu, mergulhando as tiras finas em uma tinta rosa ou embalando as varetas secas em uma pasta aromática. "Realmente esperamos que as coisas voltem à normalidade logo", estima Luyen.


Últimas notícias