Dicas e informações de viagens, férias e turismo
Turismo de Valor

Descubra dicas de viagem e roteiros para as férias, além dos destinos e atrações que estão em alta no turismo.

TAILÂNDIA

Polêmica: Turistas terão que pagar taxa para entrar na Tailândia; confira o valor que divide opiniões

A medida dividiu opiniões já que o momento deveria ser de tentar estimular o retorno dos visitantes e não dificultar o seu acesso com uma nova taxação

AFP Leonardo Vasconcelos
Cadastrado por
AFP
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 12/01/2022 às 11:16
Koh Kradan, Tailândia. Foto: Reprodução
Koh Kradan, Tailândia. Foto: Reprodução
Leitura:

Com o turismo em baixa devido à pandemia, o Governo da Tailândia resolveu criar uma taxa para os turistas entrarem um dos países mais visitados do mundo. A medida dividiu opiniões já que o momento deveria ser de tentar estimular o retorno dos visitantes e não dificultar o seu acesso com uma nova taxação. Por outro lado, o setor turístico do país vê com bons olhos a novidade para tentar reduzir o prejuízo causado pelo esvaziamento do país. 

>> Segredo: Como conseguir achar a ''praia escondida'' formada pela explosão de uma bomba

 

A Tailândia informou nesta quarta (12) que introduzirá uma taxa de entrada de 9 dólares, cerca de R$50, para os visitantes estrangeiros. O imposto de 300 bahts será aplicado a partir de abril para financiar a gestão das atrações turísticas e cobrir o seguro de acidentes de alguns visitantes que não podem pagar as taxas sozinhos, disse à AFP Yuthasak Supasorn, governador da Autoridade de Turismo da Tailândia.

>> Lista: 7 lugares perigosos que viajantes continuam visitando

A taxa vai se incorporar às tarifas aéreas, informou o porta-voz do governo Thanakorn Wangboonkongchana em um comunicado. Em 2019, quase 40 milhões de estrangeiros visitaram a Tailândia, um dos países mais visitados do mundo.

>> Motel de palhaços: Você dormiria em um local assombrado com milhares de palhaços ao lado de cemitério? Veja no vídeo se teria coragem

O país se fechou a partir de 2020 impondo normas rigorosas de quarentena para combater a pandemia. De janeiro a outubro de 2021 recebeu apenas 100.000 visitantes. As autoridades esperam atrair cinco milhões de turistas em 2022, um número que poderia triplicar caso as restrições da China e Índia, dois de seus principais mercados, sejam levantadas.


Últimas notícias